Apple anuncia três novos iPhones e outros lançamentos

Reuters
Gadgets foram reveladas na tarde de hoje (10) durante o evento anual da empresa

Resumo:

  • Os iPhones, iPads, Apple Watch, Apple TV+ e Apple Arcade receberam atualizações oficiais;
  • Os três novos iPhones têm preços de lançamento nos EUA entre US$ 699 e US$ 1.099;
  • Os processadores dos aparelhos foram anunciados como os melhores do mercado;
  • Serviços de streaming da companhia tiveram preços e produções confirmados.

A Apple realizou hoje (10) sua conferência anual e mostrou as novidades da empresa. O principal destaque vai para os três novos modelos de seu smartphone: iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max. Os dispositivos terão preço de lançamento nos EUA de US$ 699, US$ 999 e US$ 1.099, respectivamente. A pré-venda começa a partir de sexta (13, e os envios, em 20 de setembro.

LEIA MAIS: Apple contesta pesquisadores do Google sobre ataque a iPhones

iPhone 11

O iPhone 11, o mais aguardado pelos fãs, ganhou as novas cores amarelo, branco, verde, lilás, vermelho e preto. O smartphone terá de retina com 6,11 polegadas, display em uma única peça de vidro, ultra resistente à água e poeira, e áudio espacial Dolby Atmos, presentes em notebooks de diversas marcas.

Getty Images

O aparelho conta ainda com duas câmeras traseiras de 12 MP, wide e ultra wide, e zoom óptico. Também tem a capacidade de filmar em 4K e 60 quadros por segundo. Os modos de time lapse e slow motion continuam. A câmera frontal também é de 12 MP, filma em alta resolução como as traseiras e possui o modo slow motion, definido pela empresa como “slofie”.

Dentro do iPhone 11, o processador A13 Bionic é, segundo a própria Apple, o mais veloz do mercado, superando o do iPhone XR (A12 Bionic), do Galaxy S10+(Snapdragon 855), do Huawei P30 Pro (Kirin 980) e do Google Pixel 3 (Snapdragon 845). Para confirmar a potência, foi exibido um gameplay do jogo de combate e aventura “Pascal’s Wager”, que chega em outubro na App Store.

A bateria do smartphone terá uma hora a mais de duração do que o modelo anterior da gigante de tecnologia.

iPhone 11 Pro e Max

Os novos aparelhos contam com três câmeras traseiras, que foram o foco da apresentação (e de memes na internet) , além de ganhar a opção de cor verde. O display também é uma única peça de vidro, e a tela é a Super Retina XDR Display OLED com maior potência visual, distribuída em 5,8 polegadas. O som e a imagem também são intensificados com o Dolby Atmos e o Dolby Vision.

Getty Images

Também com o processador A13, nessas versões o smartphone realiza 1 trilhão de operações por segundo, com melhor duração da bateria. Na versão 11 Pro, a Apple afirma que a duração é de 5 horas a mais que o iPhone XS. Foi anunciado ainda o carregador fast charge, de 18 W.

As câmeras traseiras possuem 12 MP cada uma, atingindo os enquadramentos wide, ultra wide e telephoto. Com elas, é possível gravar e fotografar simultaneamente.

A tecnologia Deep Fusion aumenta o detalhamento e a luz das fotografias e tira e combina 9 fotos sequenciais. A gravação filma em 4K e em 60 quadros por segundo.

iPad

Getty Images

A 7ª geração do tablet da Apple tem tela Retina de 10,2 polegadas, chip A10 Fusion- também dito como o mais potente do mercado. A câmera é de 8MP. O preço de lançamento nos EUA será US$ 329 para o público geral, e US$ 299 para instituições de ensino. A pré-venda já está disponível.

Apple Watch

O anúncio do Apple Watch 5 começou reforçando a segurança dos dados dos usuários dos dispositivos e a importância do aparelho em pesquisas acadêmicas de diversas áreas.

Getty Images

A tela Retina está sempre ligada, mas reduz a luminosidade quando o braço estiver abaixado, e a bateria tem duração de 18 horas. Há ainda os novos apps de bússola e chamadas de emergência, disponível em 150 países. Com preço inicial nos EUA de US$ 399 (wi-fi) e US$ 499 (com conexão via chip), o modelo é feito com alumínio reciclável e tem as cores branco, dourado, prata, preto e space gray.

Apple Arcade

O serviço de streaming de jogos da empresa também teve novidades para disputar com o Stadia, do Google. Tim Cook, CEO da Apple, revelou que a empresa trabalha com desenvolvedores da App Store. Na própria loja de aplicativos, a opção “Arcade” terá novos jogos mensalmente e conteúdo para jogadores e desenvolvedores. Entre os games confirmados, estão o in “Toy Town”, da Konami; “Shinseki Into The Depths”, da Capcom (que também será lançado no Xbox One e PS4); e “Sayonara Wild Hearts”, da Annapurna.

Apple TV+

O serviço que irá concorrer com gigantes do streaming como a Netflix, Amazon Prime e Hulu. Durante o anúncio, foi apresentado um trailer de “See”, estrelado por Jason Momoa. O serviço será mensal, a partir de 1 de novembro, disponível em mais de 100 países e com assinatura de US$ 4,99. Quem comprar qualquer produto Apple ganha um ano de assinatura.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).