Mansão em Los Angeles está à venda por US$ 245 milhões

Reprodução/Forbes
Há poucas casas nos Estados Unidos que tiveram preços mais altos do que essa

Uma propriedade de 4 hectares em Los Angeles, que pertencia ao bilionário já falecido Jerrold Perenchio (n° 717 na lista dos bilionários da FORBES em 2017), foi colocada à venda por um preço inicial de US$ 245 milhões. Diversas corretoras representam a propriedade.

LEIA MAIS: Mansão arrematada por US$ 159 mi volta a leilão

Há poucas casas nos Estados Unidos que tiveram preços mais altos do que essa. A mais notável foi a residência de Bel Air de US$ 500 milhões (que ainda não está no mercado), chamada “The One”. Outra, com 17 quartos e 21 banheiros, no mesmo local, foi anunciada por US$ 250 milhões em 2017, mas abaixou o preço logo depois para US$ 188 milhões. Um condomínio de quatro andares em Manhattan pediu US$ 250 milhões, mas seu preço final não foi divulgado.

A venda mais cara já registrada em Los Angeles é a casa de US$ 110 milhões em Malibu, vendida por Peter Morton, cofundador do Hard Rock Cafe.

A propriedade de Perenchio, localizada na 875 Nimes Road e batizada de “Chartwell” (talvez em homenagem à propriedade britânica do século 14, onde o primeiro-ministro William Churchill viveu por mais de 40 anos), não começou com 4 hectares. O bilionário comprou vários dos lotes adjacentes, incluindo terras que pertenceram ao casal Ronald e Nancy Reagan, para compor o local como é atualmente.

Reprodução/Forbes
A propriedade de Perenchio, localizada na 875 Nimes Road, foi batizada de “Chartwell”

A casa principal de mais de 2,3 mil metros quadrados, no estilo neoclássico, já estava lá, tendo sido projetada na década de 1930 pelo arquiteto Sumner Spaulding e construída de calcário simetricamente cortado. E, se o exterior parece familiar, pode ser porque foi usado na abertura do programa de televisão “A Família Buscapé”, como a nova casa para a qual os Clampetts se mudaram quando ficaram ricos.

Perenchio comprou a parte principal da propriedade em 1986 por US$ 13,5 milhões e, alguns anos depois, iniciou uma grande reforma, supervisionada pelo decorador francês Henri Samuel, que havia trabalhado com clientes famosos como os Vanderbilts, os Rothschilds e o designer Valentino. Uma grande renovação no exterior também foi feita pelo arquiteto Pierre Barbe, supostamente a um custo de US$ 9 milhões.

VEJA TAMBÉM: Ex-mansão de Madonna está à venda por US$35 milhões

Ainda não foi divulgada nenhuma imagem interior de Chartwell, apenas algumas do exterior. Há uma piscina ao ar livre de 23 metros e uma espaçosa casa de piscina em uma das extremidades da propriedade.

Reprodução/Forbes
Perenchio comprou a parte principal da propriedade em 1986 por US$ 13,5 milhões e, alguns anos depois, iniciou uma grande reforma, supervisionada pelo decorador francês Henri Samuel

Os jardins têm uma forte influência europeia, com altas cercas de buxo criando diversos jardins “dentro de um jardim” por toda a propriedade. Esculturas do lado de fora também foram sutilmente incorporadas ao design.

Há também jardins bem cuidados com paredes para maior privacidade e uma construção em estilo pagode em uma das extremidades.

Reprodução/Forbes
Os jardins têm uma forte influência europeia, com altas cercas de buxo criando diversos jardins “dentro de um jardim” por toda a propriedade

Não há fotos da casa de hóspedes de cinco quartos projetada por Wallace Neff, mas se trata de uma das construções que vêm com a venda. A propriedade também inclui uma adega com espaço para 12 mil garrafas, salão de festas e garagem subterrânea com vagas suficientes para 40 carros.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).