Microbolsa de 7 centímetros vira sensação fashion

Reprodução
A microbolsa Le Chiquito, no desfile: cabe um chiclete, e olhe lá!

Uma das coisas mais encantadoras da moda é a capacidade de criar desejo. O que nem sempre faz muito sentido, é verdade. Por exemplo, as  microbolsas Le Chiquito, apresentadas em Paris pela marca Jacquemus, e que instantaneamente viraram sonho de consumo de algumas clientes. Têm pouco mais de 7 centímetros, mas com preço inversamente proporcional ao tamanho: US$ 486 dólares (R$ 1820).

LEIA TAMBÉM: Empresário promete correr 3.000 km da Mata Atlântica

Para quem, como eu, é de humanas, vamos ser mais específicos quanto ao tamanho do acessório. Numa bolsa de 7 centímetros, caberia uma embalagem de chiclete Trident. Sabe a lateral do seu smart phone? É isso. Mas o lado MENOR do aparelho. Eu sei que você pegou o celular pra medir. Entendeu agora quão pequena?

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por JACQUEMUS (@jacquemus) em

O criador da marca, Simon Porte Jacquemus, de 29 anos, é um dos nomes em ascensão na moda internacional. Começou aos 19, quando criou seu negócio, e sabe fazer excelente uso das redes sociais tanto para o branding pessoal quanto para o da grife. Não à toa, entrou na lista Under 30’s europa da Forbes 2019 e, no ano passado na lista de 500 profissionais da indústria, eleitos pelo portal Business of Fashion.

Getty Images
Simon Jacquemus, criador da microbolsa: nome em ascensão na moda internacional, ele entrou no Under 30’s Europa deste ano

A clientela estrelada também ajuda a impulsionar suas criações. Entre as famosas que foram vistas com peças suas estão mulheres capazes de transformar em mania quase qualquer coisa que usem, caso de Beyoncé, Rihanna e Kim Kardashian.

Por falar nela, cabe esclarecer que a versão usada por Kim na foto abaixo NÃO É a menor. Apesar de já parecer pequena, eu sei.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Kim Kardashian West (@kimkardashian) em

Jacquemus costuma brincar com tamanhos em seus itens e, antes da microbolsa, que parece saída de um catálogo de acessórios da Barbie, criou sombreiros mexicanos descomunais. A microbolsa é uma jogada duplamente genial: não só dá o que falar, aumentando o buzz em torno do produto e da marca, como gasta muito menos material para fazer. Ou seja, dá ainda mais dinheiro. Claro, nem tudo que aparece numa passarela foi pensado para as pessoas usarem no dia-a-dia. Especialmente algo tão pequeno. Ao mesmo tempo, o charme da Le Chiquito parece irresistível para quem gosta de chamar atenção no Instagram, o que aumenta seu apelo entre gente que coleciona excentricidades e quem exibi-la em looks diferentões nas redes sociais.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).