Casa de leilões Phillips vem ao Brasil em busca de relógios de luxo

Divulgação
Rolex Daytona: foi num leilão da Phillips que o relógio alcançou lance recorde de US$ 17, 8 milhões

Desembarcam por aqui nesta semana dois especialistas da casa de leilões Phillips, uma das maiores do mundo. Sua missão é garimpar relógios raros e de grife para levar a pregões em Nova York, Genebra e Hong Kong.

LEIA TAMBÉM: Selfridges vai banir produtos feitos com couros exóticos

Paul Boutros e Susan Abeles, chefes dos departamento de relógios e joias nas Americas, chegam a São Paulo na quinta (14). Serão recebidos pelo pessoal da brasileira Dedalo Leilões, especializada em colecionismo de luxo e que também abriu as portas do mercado nacional para outro gigante do segmento, a britânica Christie’s.

A Phillips ocupa a terceira posição no ranking das casas de leilão, atrás de Sotheby’s e Christie’s. No quesito relógios, porém, está na dianteira. Detém o recorde atual de relógio mais caro do mundo, um Rolex Daytona. Disputadíssimo durante 12 minutos de lances, em 2017, foi arrematado por US$ 17,8 milhões (R$ 68,8 milhões).


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).