Davide Marcovitch, da LVMH, recebe medalha da Legião de Honra

Reprodução YouTube
Marcovitch: trinta anos no conglomerado LVMH e mais alta condecoração francesa

Uma recepção celebrará, nesta quinta (14), a promoção de Davide Marcovitch ao grau de Oficial da Ordem Nacional da Legião de Honra, mais alta condecoração concedida pelo governo francês. A medalha, tradição que remonta aos tempos de Napoleão Bonaparte, é um reconhecimento à contribuição do executivo em seus trinta anos no grupo LVMH.

LEIA TAMBÉM: Microbolsa de 7 centímetros vira sensação fashion

Marcovitch, hoje presidente do grupo Louis Vuitton Moët Hennessy para América Latina, Caribe e África, atuou no setor de vinhos e destilados do conglomerado entre 1989 e 2018. Atualmente, administra as demais marcas do grupo, que tem de moda a perfumaria, de joalheria a artigos de viagem.

O coquetel em São Paulo, organizado na residência da França no Brasil pelo embaixador Michel Miraillet e pelo cônsul Brieuc Pont, é a conclusão de uma jornada iniciada em janeiro, quando Marcovitch recebeu a medalha em Paris. Veio das mãos de Bernard Arnault, presidente mundial da LVMH, numa cerimônia para 150 convidados.

A medalha da Legião de Honra foi concedida a brasileiros como Paulo Coelho e Fernando Henrique Cardoso, Dom Pedro II, Juscelino Kubitschek e Ruy Barbosa.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).