Yalitza Aparicio, do filme “Roma”, se torna queridinha da Prada

Reprodução Instagram
Yalitza Aparicio, de Prada: os artistas conterrâneos que a criticaram já podem se morder de inveja

Mesmo quem pouco se importa com a ciranda das grifes de luxo reconhece o nome Prada como um símbolo fashion – nem que seja apenas por se lembrar do livro/filme em que a mais icônica editora de moda de nossos tempos veste roupas da marca. Imagine, daí, com que moral anda a neo-atriz Yalitza Aparicio, de 25 anos, estrela de Hollywood devido ao sucesso do filme “Roma”. Não só a tradicional casa italiana a vestiu para uma premiação, como agora estampou sua imagem com peças da grife no perfil oficial da empresa.

LEIA TAMBÉM: Microbolsa de 7 centímetros vira sensação fashion

Escalada após um longo processo de seleção para o agora premiado filme de Alfonso Cuaron, Yalizta vive uma daquelas histórias que parecem saídas de um conto-de-fadas. Vivia em Tlaxiaco, no estado de Oaxaca, a cerca de oito horas de Cidade do México, e jamais havia atuado. A moça de ascendência indígena estava para se tornar professora e, por insistência da irmã, que estava grávida e impossibilitada de comparecer, tomou seu lugar no teste de elenco.

Getty Images
A grife italiana a vestiu no Critics Choice Awards: houve quem a chamasse de “a nova princesa da Prada”

Para se ter ideia do quão distante da realidade dela era a ideia de um filme de Hollywood: depois de famosa, ela contou ao britânico “Guardian” que foi ao teste com medo de cair em algum esquema ilegal ligado ao tráfico. Até então, nem sequer sabia quem era Alfonso Cuaron.

Seu sucesso rendeu indicações em mais de vinte premiações internacionais, dentre elas ao Oscar de melhor atriz. Além de capas de revistas poderosas, inclusiva na “Vogue Mexico” e na “Vanity Fair” americana. Claro, vieram as críticas (sejamos francos, motivadas por pura inveja ou racismo ou ambos) de conterrâneos artistas que, embora na labuta há décadas, jamais alcançaram a glória que ela obteve com impressionante rapidez.

Divulgação
Em cena de “Roma”: indicações a mais de vinte prêmios, inclusive ao Oscar de melhor atriz

Essa turma, agora, vai espernear mais ainda: não é Yalitza que veste Prada, mas a Prada que a veste com sua coleção primavera-verão 2019, num editorial para a também festejada “Flaunt Magazine”. E ainda registra no Instagram oficial da marca, sinal de que sua presença agrega algo a um nome que a gente sempre considera que já tem tudo.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).