Conheça o ‘novo’ Four Seasons de Boston

Divulgação
O hotel fica em frente ao Boston Common

Boston é um daqueles destinos que os brasileiros precisam explorar mais. Riquíssima em história e um dos maiores centros de cultura e educação do planeta, é, acima de tudo, uma cidade que oferece opções para todos os gostos. Desde julho de 2018, a Latam oferece um voo direto ligando São Paulo a Boston, o que tornou ainda mais fácil descobrir essa encantadora cidade.

LEIA MAIS: 20 melhores destinos de viagem para mulheres

Em termos de hotelaria, as opções são muitas, para todos os bolsos e estilos. Mas minha sugestão é o Four Seasons. Um ícone, em funcionamento há mais de 30 anos, ele tem a localização mais privilegiada possível: em frente ao famoso Boston Common – fundado em 1634, é o parque municipal mais antigo dos Estados Unidos – e próximo ao bairro histórico de Beacon Hill, o que garante aos hóspedes acesso a pé aos principais pontos da capital de Massachusetts. Afinal, Boston é conhecida como a “America’s Walking City”, a cidade ideal para caminhar.

Divulgação
Nas suítes, o “templo do sono”

O que já era bom tornou-se ainda melhor após a finalização das obras de renovação da propriedade, onde foram investidos US$ 15 milhões. No processo foram inaugurados novos quartos e também acrescidas novas camas, todas grifadas com a bandeira hoteleira e batizadas de Sleep Temple (templo do sono), o que faz todo sentido – elas são, em minha opinião, as mais confortáveis camas da hotelaria mundial. Nas áreas comuns, novos móveis e peças de arte foram acrescentados à decoração do lobby, além da inauguração de uma nova área de lounge no restaurante Bristol, ponto de encontro tradicional da cidade.

Divulgação
Piscina do spa

O escritório de design Bamo, habituado a realizar projetos para hotéis de luxo, foi o responsável por remodelar os interiores do hotel, com projeto do presidente, Michael Both. Para preservar a essência do lugar e trazer ainda mais conforto aos visitantes, foram acrescentadas cores claras e papel de parede com textura suave, elementos que contrastam com os móveis de madeira escura dos quartos. As janelas de proporções generosas também trazem o jardim “de fora para dentro”, o que causa a falsa – e agradável – sensação de estarmos longe de um centro urbano. No último andar do prédio, uma ampla e bem-equipada academia e uma piscina aquecida com 13,5 metros de extensão garantem a manutenção dos treinos, mesmo durante os dias mais frios de inverno na Nova Inglaterra.

Divulgação
Lounge do restaurante e bar Bristol

O restaurante e bar Bristol manteve seu ar clássico e aumentou a capacidade do lounge, que passa agora a comportar 75 clientes. O que não mudou foi sua versatilidade: ainda é o ponto ideal para power lunches, jantares românticos e o brunch especial, servido apenas aos domingos. Da cozinha saem pratos no estilo “comfort food”, com saladas gourmet, carnes selecionadas, massas frescas feitas no local e um hambúrguer premiado, batizado de Bristol Burguer. No bar, a pedida clássica é o martíni, mas a carta de bebidas é extensa, com opções de cervejas artesanais e vinhos.

Reportagem publicada na edição 64, lançada em janeiro de 2019

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).