Brasileiro é vencedor dos Prêmios Rolex de Empreendedorismo 2019

Divulgação
O brasileiro João Campos Silva é um dos cinco vencedores dos Prêmios Rolex de Empreendedorismo 2019

Resumo:

  • O brasileiro João Campos Silva é um dos cinco vencedores dos Prêmios Rolex de Empreendedorismo 2019, que tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida do planeta,
  • O plano que rendeu a vitória para o ecologista é salvar o pirarucu da extinção e auxiliar no sustento e desenvolvimento das comunidades locais da Amazônia;
  • A Rolex recentemente lançou a campanha “Perpetual Planet” para apoiar personalidades e instituições na busca de soluções para os desafios ambientais.

A Rolex anunciou hoje (14) os cinco vencedores dos Prêmios Rolex de Empreendedorismo 2019, cujo objetivo é melhorar a qualidade de vida do planeta. Entre os premiados está o brasileiro João Campos Silva.

LEIA MAIS: Brasileiro é finalista do Rolex Awards 2019

O plano que rendeu o prêmio para o ecologista é salvar o pirarucu da extinção, o maior peixe de escamas de água doce do mundo. Também auxiliar no sustento e desenvolvimento das comunidades locais da Amazônia, ao garantir os meios de subsistência, a alimentação e a cultura dessas pessoas que dependem dos rios da região para sobreviver.

Com a vitória, o especializado em ictiologia (o estudo de peixes), ganhará financiamento e outros benefícios para seguir com o projeto.

Os outros quatro empreendedores premiados vieram da França, Índia, Uganda e do Canadá.

O francês Grégoire Courtine trabalhou no desenvolvimento de uma técnica revolucionária que pretende ajudar pessoas com paralisia a andar novamente. O método se baseia no restabelecimento da comunicação entre o cérebro e a medula espinhal, graças a uma “ponte” eletrônica implantada no paciente com a finalidade de estimular o crescimento dos nervos e restabelecer o controle das pernas.

A indiana Krithi Karanth quer reduzir os atritos entre os habitantes e os animais selvagens que vivem nas proximidades de parques nacionais da Índia, ao conscientizar as comunidades e escolas sobre as questões ambientais. O plano é oferecer assistência telefônica gratuita para os pedidos de compensação financeira em caso de prejuízo material.

VEJA TAMBÉM: Rolex lança plataforma de conteúdo filantrópico

O ugandense Brian Gitta projetou um novo dispositivo portátil de baixo custo, chamado Matiscope, que promete agilidade em resultados de exame para, com eles, dar início a um tratamento contra a malária. O equipamento fornece um diagnóstico em alguns minutos, ao usar apenas luz e ímãs, sem a necessidade de coleta de sangue.

A canadense Miranda Wang pesquisa há anos uma solução para o problema da poluição por plástico. Com isso, ela comanda um projeto que transforma resíduos não-recicláveis, como sacolas e embalagens, em substâncias químicas que podem ser aproveitadas em processos industriais.

A Rolex, que tem um forte compromisso com a preservação do planeta, recentemente lançou a campanha “Perpetual Planet”, para apoiar personalidades e instituições na busca de soluções para os desafios ambientais. O prazo para candidaturas para a edição de 2021 já está aberto.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).