O restaurante de comida tailandesa mais antigo de Los Angeles celebra 50 anos

Gettyimages/ThanSapyaprapaEyeEm
O amado estabelecimento mudou de diversas maneiras durante seus 50 anos, algo essencial para se adaptar às mudanças do tempo e se manter relevante

Resumo: 

  • O restaurante Chao Krung abriu em 1969 com um casal de tailandeses que havia acabado de chegar nos EUA. Hoje em dia, as filhas do casal tocam o negócio; 
  • Depois de 50 anos, as atuais proprietárias buscam apresentar uma culinária tailandesa fiel, com pratos típicos incomuns no Ocidente; 
  • Katy Noochlar, uma das donas, revela sua visão sobre o negócio de família e alguns pensamentos sobre o futuro.

VEJA TAMBÉM: 3 tendências para o setor de restaurantes em 2019

Décadas depois de sair da Tailândia para Los Angeles, nos EUA, o casal Boon e Supa Kuntee abriu o Chao Krung, em 1969. O que foi apenas o segundo restaurante tailandês a abrir na cidade, neste ano, celebra um grande marco. Amanda Kuntee e Katy Noochlaor, são agora a segunda geração de proprietárias do restaurante de sua família, sendo Amanda a chef executiva e Katy a administradora.

O amado estabelecimento da região mudou de diversas maneiras durante seus 50 anos, de uma extensa reforma em 2018 até uma mudança gastronômica, de comida tailandesa americanizada para um resgate de receitas autênticas – mudanças essenciais para se adaptar às mudanças do tempo e se manter relevante.

Eu tive a oportunidade de conversar com Katy Noochlaor sobre seu caminho como co-proprietária e o que ela vê para o futuro de Chao Krung, entre outros assuntos.

Forbes: Você sempre soube que entraria na área de negócios de restaurantes?

Katy Noochlar: Eu sempre soube que teria um negócio de alguma forma. Qual tipo de negócio, eu não sabia. E estava hesitante sobre essa questão de restaurantes em um primeiro instante; nossos pais trabalharam tão duro e gastaram tanto tempo no restaurante. Mas porque nós fomos criadas e crescemos dentro de um, eu acredito que uma semente foi plantada e continua a crescer. Então, de repente, Amanda e eu não tínhamos apenas um negócio, estávamos com o restaurante da família em nossas mãos.

F: De onde vêm as receitas?

KN: No Chao Krung, elas são quase inteiramente receitas de família. Nossos curries e nosso pad thai (prato típico que leva macarrão de arroz, molho agridoce e apimentado, vegetais e frutos do mar) têm sido preservadas por três gerações. Desde que assumimos no lugar de nossos pais, nós nos voltamos aos pratos tradicionais. Amanda implementou sua criatividade em pratos autênticos que são populares na Tailândia, mas incomuns em restaurantes tailandeses no Ocidente.

F: Qual prato você diria que mais captura a essência do restaurante?

KN: Sem dúvidas, os curries. Fazemos nossa pasta de curry à moda antiga, artesanalmente e utilizando apenas ingredientes frescos, sem economias.

F: Qual a sua visão para o futuro do restaurante?

KN: Nós queremos que as pessoas sintam uma conexão com a cultura tailandesa, para mostrar o que a comida tailandesa deve ser, não importa em que lugar você esteja comendo. Nós vamos manter o foco na comida de nossa cultura e familia, criando pratos de diferentes regiões da Tailândia que influenciaram comidas ao redor do mundo.

F: Qual é o segredo para continuar nos negócios por 50 anos?

KN: Nós somos mais que apenas um restaurante. Estamos continuamente tentando fazer comidas deliciosas, mas fazemos isso porque amamos nos envolver com pessoas e compartilhar comida. Família é, e sempre será, o sustento de nosso estabelecimento.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).