5 excelentes restaurantes recém-inaugurados em Londres

Londres continua a surpreender com suas ofertas gastronômicas ecléticas e sofisticadas. Uma grande mudança no cenário desde a minha chegada, há 20 anos – época onde até conseguir uma xícara de café decente era difícil. Nos dias atuais, novos restaurantes são abertos todos os meses na cidade.

LEIA TAMBÉM: 5 restaurantes imperdíveis no Lago de Lugano

São muitos novos estabelecimentos para acompanhar, mas, na galeria de fotos abaixo, estão cinco restaurantes recém-inaugurados que realmente me impressionaram:

  • 1. Inko Nito, Soho

    Eu sou uma grande fã de Rainer Becker, logo estava curiosa para descobrir se uma versão mais casual e menos cara de seus excelentes restaurantes japoneses Roka e Zuma também agradaria. Na verdade, o Inko Nito não é simplesmente uma versão mais barata. Trata-se de uma fusão da cozinha japonesa com a coreana. É ousado, mas funciona. Em meio ao vasto menu, há o Nigaki, um novo estilo de sushi com nori torrada (algas comestíveis), arroz e uma cobertura – que é opcional e pode ser escolhida pelo cliente. Eu optei pelo “hottie”, com cobertura de camarão frito, picante missô coreano e gergelim.

  • O Cobia (um delicado e delicioso peixe branco), cozido na manteiga marrom ponzu e limão, foi uma das revelações, e as vieiras com shiso (uma erva da família da menta), soja doce e iogurte também já são ganharam o título de um dos pratos preferidos do menu. O cardápio oferece uma variedade de deliciosos pratos vegetarianos, incluindo berinjela grelhada no missô de limão com alho e cebolinha. O arroz kimchi com missô coreano, cebolinha, gergelim e gema de ovo, geralmente compõe um excelente acompanhamento. Na foto, Nigaki, um novo gênero de sushi, no Inko Nito.

  • Interior do Rainer Becker, Inko Nito, Soho

  • 2. Rüya, Mayfair

    O Rüya, um novo bar/restaurante em Mayfair, prova que a cozinha turca oferece muito mais do que os kebabs – ou kebaps, como são chamados no estabelecimento recém-inaugurado. Um dos meus pratos favoritos do local, liderado pelo restaurateur turco Umut Özkanca e pelo chef Patron Colin Clague (ex-Zuma e Caprice Holdings), é o cordeiro manti – pequenos bolinhos de massa de cordeiro picante.

    O restaurante oferece uma variedade de pratos turcos contemporâneos das várias regiões da Anatólia, que se estendem do Mediterrâneo ao Mar Negro. Os kebabs estão no cardápio, mas não são nada parecidos com a versão fast food servidas nas ruas de Londres. O kebap Adana é uma mistura saborosa de cordeiro picante e tomate “queimado”. Da mesma forma, as costeletas de borrego (cordeiro com menos de um ano) com berinjela defumada, tomate e iogurte de menta são uma ótima opção, disponível na seção de grelhados do cardápio. Uma “Spoon Salad” turca com legumes picados em um molho de romã é um ótimo acompanhamento, leve e refrescante, para os pratos de carne mais pesados.

    Quando eu pensei que eu não poderia estar mais impressionada com a cozinha turca, chegou a sobremesa. Çikolata ve Türk Kahvesi é uma combinação suave e deliciosa de chocolate preto e quibe de caramelo salgado, com sorbet de chocolate preto, creme de café turco e cardamomo. Simplesmente incrível.

    O espaço interno, assinado por Conran and Partners, são arrojados e claros, sem ostentação, assim como o Mekan, o bar do restaurante. O menu de coquetéis é dividido pelas sete regiões da Anatólia: Marmara, Egeu, Anatólia Central, Mar Negro, Anatólia Sudeste e Anatólia Oriental.

  • 3. The Petersham, Tribunal Floral, Covent Garden

    Seguindo os passos do brilhante ex-chef do Petersham, Skye Gyngell, Joseph Fox está fazendo um bom trabalho na segunda filial deste popular restaurante. Ao respeitar a filosofia de slow food sobre a qual o Petersham Nurseries foi fundado em Richmond, o novo restaurante no movimentado Covent Garden concentra-se em produtos sazonais e sabores italianos, oferecidos no almoço e no jantar. Em setembro, o local começou a servir um chá da tarde com um toque italiano.

    Apesar de estar em um local de muita agitação, o Petersham é um oásis de tranquilidade com belíssimos espaços interiores e um adorável pátio interno, repleto de plantas e flores – características incomuns para o centro de Londres. Inspirando-se na casa da família, a Petersham House de Richmond possui interiores que demonstram a paixão dos proprietários pela arte contemporânea e pelos artigos de vidro de Murano.

  • A peça central do chá da tarde é um bonito carrinho de bolo florentino que mostra as iguarias doces e salgadas. E, no topo, um buquê de flores sazonais. Entre as iguarias, sanduíches de pão de leite com recheios deliciosos como queijo, chutney e presunto. Os doces são de inspiração italiana e normalmente levam pistache. O cannoli de chocolate e laranja e o bolo de polenta de limão estão na lista dos meus favoritos. Scones e bombolini quentes (donuts) completam a oferta. Além de bebidas quentes, coquetéis leves, infundidos com chá, sabugueiro, camomila, cardamomo e rosa são adições sofisticadas ao cardápio.

  • 4. Laurent, Café Royal

    O chef francês Laurent Tourondel é bem conhecido por seus restaurantes homônimos LT nos Estados Unidos, mas também pelos populares The Vine e L’Amico, de Nova York. O Hotel Café Royal tem a sorte de tê-lo no comando de seu novo empreendimento, o Laurent, um restaurante de sushi e grelhados. Os destaques do cardápio incluem os bowls de Poke, item mais vendido da casa, com atum de barbatana azul, sushi de salmão com gim-curado e o “popover”, uma versão francesa do pudim inglês de Yorkshire. E o que os clientes não podem esquecer é do que pode ser a melhor sobremesa da capital: um croquete de manteiga de amendoim com chocolate ao leite.

  • 5. Brigadiers, Moorgate

    As áreas de jantar expansivas do Brigadiers, um novo restaurante indiano sofisticado no distrito financeiro de Londres, são repletas de entretenimento. Ele fica bem cheio todos os dias, então é melhor fazer reserva. O restaurante é muito barulhento, por isso não deve ser considerado o melhor lugar para uma refeição íntima, mas a comida é excelente. O Tandoori e os grelhados são deliciosos. Pedimos o grill sizzler misto para dois, uma deliciosa porção de peru e frango perfeitamente apimentados, acompanhado de cordeiro. E não perca o genius dish (prato do gênio): frango chili em “conchinhas” de alface.

1. Inko Nito, Soho

Eu sou uma grande fã de Rainer Becker, logo estava curiosa para descobrir se uma versão mais casual e menos cara de seus excelentes restaurantes japoneses Roka e Zuma também agradaria. Na verdade, o Inko Nito não é simplesmente uma versão mais barata. Trata-se de uma fusão da cozinha japonesa com a coreana. É ousado, mas funciona. Em meio ao vasto menu, há o Nigaki, um novo estilo de sushi com nori torrada (algas comestíveis), arroz e uma cobertura – que é opcional e pode ser escolhida pelo cliente. Eu optei pelo “hottie”, com cobertura de camarão frito, picante missô coreano e gergelim.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).