Anne e Nelson Wilians, os novos anfitriões de São Paulo

Iara Morselli/Divulgação
João e Bia Doria, homenageados com jantar para 250 pessoas, ao lado de Anne e Nelson Wilians, que receberam toda essa turma no Jardim Europa

O posto não-oficial de festeiro mais badalado de São Paulo varia segundo uma gama de fatores que vai desde a disposição dos anfitriões aos humores da economia. Passando, claro, por quem está no poder. Até hoje há quem se lembre com carinho, por exemplo, dos majestosos get togethers de Eleonora Rosset em torno da então prefeita Marta Suplicy. Uma festa para 250 convidados organizada na última segunda no Jardim Europa deixou claro que os novos anfitriões do high paulistano são o simpaticíssimo casal de advogados Anne Caroline e Nelson Wilians. Bem próximos do governador eleito João Doria, produziram o jantar em sua homenagem.
+ VEJA TAMBÉM: Nobu abre as portas em São Paulo

O clima da festa foi gostoso como o arroz de pato servido ali pelo buffet L’Epicerie – Anne é paraense e adora o prato. Aliás, costuma servir receitas de seu estado natal em reuniões mais intimistas. “Eu mesma ensino aos meus chefs como deixar o pato no tucupi com o sabor perfeito”, diz ela. Era comida daquelas que quem não repete se arrepende no dia seguinte: pernil de vitela ao molho de vinho branco, laranja e alecrim; bacalhau espiritual e farofa crocante de miga, dentre muitos outros. Para beber, muito uísque Blue Label, champanhe Veuve Clicquot, negronis e gim tônicas. Não à toa, a noite acabou às 3h.

  • Maristela Basso e Bruno Covas

  • Andrea Bartelle

  • Ana Paula Siebert e Roberto Justus

  • Ana Claudia e Flavio Rocha

  • Alvaro Garnero

  • Abram Szajman

  • Isabella Fiorentino

  • Vanda e Stella Jacintho

  • Luiz Carlos Trabuco e Lucilia Diniz

  • Roberto Kalil Filho

  • Michael Klein e Maria Alice

  • Priscila e Sandra Comodaro

  • Benjamin Steinbruch e João Doria

  • Luciana e Victor Fasano

  • Carla Serson, Carolina Steinbruch e Bete Arbaitman

  • Johnny e Claudia Saad

  • Jose Ricardo Alves e Renata Chapchap

  • Ana Claudia e Claudio Teixeira

  • Antonio Martins e Marcia

  • Antonio Camarotti, Leticia Nanci, Anne e Nelson Wilians

  • Joao e Ana Appolinario

  • Carla e Julio Serson

  • Marcelo Pessoa e Nora

  • Claudia e Alberto Saraiva

  • Denise e Fabrizio Fasano

  • Gilmelândia

Maristela Basso e Bruno Covas

A decoração de Renata Chap Chap tinha instalações feitas de planta – ou seriam plantas que, de tão bonitas, pareciam instalações? Ela me ensinou os nomes: latânia e guaimbê, que deixo aqui para você memorizar também. Na entrada, centenas de orquídeas catatantes em vidros de 1,80 metro conversavam lindamente com uma escultura de Brecheret. A referência eram hotéis chiques da Europa. “É o meu Georges V particular”, brincou Anne. Numa sala ao lado, quadros de Volpi e Di Cavalcanti dividiam espaço com um piano de cauda. Um detalhe curioso: o casarão da Rua Alemanha servia também para festonas do ex-casal Gilberto Miranda e Carol Andraus.

Iara Morselli/Divulgação
Quando Doria chegou, atores-cantores performaram a música “Novo Tempo”, de Ivan Lins

Anne e Nelson receberam os convidados na porta, cumprimentando um por um: Vanda Jacintho, Michael Klein e Maria Alice, Victor Fasano, Johnny e Claudia Saad… Muita gente elogiou a forma física exibida por ela num DVF preto – o casal teve o primeiro filho, Benjamin, há três meses.

Iara Morselli/Divulgação
Ao som de hits baianos cantados por Gilmelândia, o governador eleito dançou empolgadamente

Entraram apenas quando Doria chegou. Nesse momento, atores-cantores espalhados em meio aos convidados (e devidamente microfonados) performaram “Novo Tempo”, de Ivan Lins. Ele fez um discurso sobre a campanha, que classificou como “a mais difícil dos últimos trinta anos”. E continuou: “Vamos pensar grande. Vamos pensar pelo Brasil. O país começa a mudar por São Paulo.” Depois pediu palmas para os anfitriões e para a mulher, Bia.

Enquanto a banda Rock News preparava os instrumentos, ecoou pelas caixas de som o “Tema da Vitória” – aquele do ícone saudoso Ayrton Senna, lembra? Por fim, Gilmelândia assumiu o palco toda trabalhada no dourado. A cantora baiana disse ao microfone que adora o governador eleito, que depois de se refazer do elogio pulou igual criança ao som de hits baianos. Ele AMA, gente. Só foi embora, segundo a anfitriã, lá pelas 2:30 da madrugada.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).