Como aproveitar o frio no Hemisfério Norte

Getty Images
Vale do Hakuba, no Japão

As férias de verão no Brasil representam, para muitos, o momento de fugir do país para as temperaturas mais geladas de outras partes do globo. Pensando nas estações de esqui mais movimentadas e famosas dos Estados Unidos e Europa, compilamos as novidades mais quentes em termos de gastronomia, eventos, festivais, moda e hotelaria que a próxima temporada de neve reserva. Já decidiu o seu destino?

LEIA MAIS: Aston Martin Art of Living 2019 tem Grand Prix na neve e passeios exóticos para os clientes

Veja, na galeria de fotos abaixo, opções para o inverno no Hemisfério Norte:

  • Para esquiadores

    No ano em que o Epic Pass (o passe de acesso das propriedades da Vail Resorts) completa dez anos, foram acrescentadas 20 novas montanhas em sua área de cobertura.

    Quem compra o passe tem acesso ilimitado e irrestrito a 19 estações ideais para a prática de esqui, localizadas nos Estados Unidos, Canadá e Austrália, assim como vantagens ao reservar equipamentos, hotéis e restaurantes.

    Além disso, com algumas regras de tempo de permanência, pode-se visitar cerca de 30 montanhas europeias e o Vale de Hakuba (foto), no Japão (um dos estreantes da temporada 2018-19). O passe custa US$ 949 por adulto.

  • Para foodies

    A pequena e simpática montanha de San Cassiano, parte da cadeia montanhosa Dolomitas (norte de Itália), é o destino do momento para quem aprecia alta gastronomia. São dois restaurantes estrelados Michelin. O St. Hubertus (foto), dentro do hotel Rosa Alpina, tem três estrelas. O chef prepara um menu-assinatura, apenas com ingredientes de produtores locais, ao preço de € 230 por pessoa.

    Para completar o tour gastronômico, vá até o duas estrelas La Siriola e tente o diferenciado Grand Menu: são oito tempos de pratos-surpresa, além de visitas à cozinha (para os queijos de entrada), a adega (para queijos e vinhos) e a “sala do chocolate” (pré-sobremesa). A experiência custa € 295 por pessoa.

  • Para cinéfilos

    Entre os dias 24 de janeiro e 3 de fevereiro de 2019 será realizada a 33ª edição do Sundance Film Festival, festival de filmes independentes em Park City (foto), Salt Lake City, Sundance e Ogden, no estado de Utah (EUA).

    Os ingressos são vendidos em pacotes e por período de exibição: entre 24 e 29 de janeiro e entre 30 de janeiro e 3 de fevereiro.

    Pagam-se US$ 500 por dez ingressos de filmes, duas entradas para a festa e duas credenciais.

  • Compras em Courchevel

    O hotel Barrière Les Neiges, inaugurado na temporada de 2017, conta com uma flagship da tradicional Maison Orcel (foto) (que tem mais de 40 anos) em sua propriedade.

    São 240 metros quadrados reservados para roupas, equipamentos e acessórios para a prática de esportes, de marcas como Fendi e da alemã Bogner. É possível contratar, junto com as compras, o serviço de delivery dos equipamentos até as montanhas.

    Outras opções de lojas no vilarejo são a charmosa Jasmine Fleurs, que além de arranjos belíssimos comercializa perfumes, velas e objetos de decoração, e a pop-up store da Chanel, que todo ano abre uma loja temporária que funciona apenas durante a alta temporada.

  • Esporte alinhado

    A Moncler lançou uma nova coleção de suas luxuosas roupas de esqui para homens e mulheres. Batizada de 3 Moncler Grenoble (foto), a linha foi desenvolvida pelo designer Sandro Mandrino e tem inspiração em estampas dos anos 1960, com muitas cores vibrantes e florais, sem esquecer o aspecto funcional e característico das roupas, que são voltadas para a prática de esportes na neve.

    Desde o início de novembro, todas as peças podem ser adquiridas pelo e-commerce da grife – custam por volta de US$ 2 mil cada uma.

    Os destinos de esqui Aspen, Cortina, Courmayeur, Crans Montana, St. Moritz, Chamonix, Courchevel, Verbier, Zermatt,
    Kitzbühel, Megève e Gstaad contam com lojas próprias da grife italiana.

  • Polo na neve

    Entre os dias 25 e 27 de janeiro de 2019 acontece a Copa Mundial de Polo na Neve (foto), em St. Moritz, Suíça.

    São esperados os competidores dos times Maserati, Badrutt’s Palace Hotel, Azerbaijan Land of Fire e Cartier. A competição é realizada no Lago de St. Moritz e já está com os ingressos à venda.

    A opção VIP dá acesso a uma tenda exclusiva, banquete de pratos e sobremesas, pareadas com vinhos e champanhe, pelo preço de 650 francos suíços (R$ 2.400) por dia.

  • Novo hotel em Verbier

    O The Experimental Group é um grupo de hotéis, restaurantes e bares fundado por três amigos franceses. O primeiro estabelecimento aberto por eles foi o bar parisiense Experimental Cocktail Club, em 2007, com inspiração nos bares de Nova York e Londres.

    Onze anos depois, somam 20 propriedades que mantêm o DNA moderno e inovador dos fundadores.

    A grande novidade do momento é um hotel boutique em Verbier, na Suíça: o Experimental Chalet (foto). A suíte júnior com terraço e vista para as montanhas tem diária a partir de 600 francos suíços (cerca de R$ 2.200).

Para esquiadores

No ano em que o Epic Pass (o passe de acesso das propriedades da Vail Resorts) completa dez anos, foram acrescentadas 20 novas montanhas em sua área de cobertura.

Quem compra o passe tem acesso ilimitado e irrestrito a 19 estações ideais para a prática de esqui, localizadas nos Estados Unidos, Canadá e Austrália, assim como vantagens ao reservar equipamentos, hotéis e restaurantes.

Além disso, com algumas regras de tempo de permanência, pode-se visitar cerca de 30 montanhas europeias e o Vale de Hakuba (foto), no Japão (um dos estreantes da temporada 2018-19). O passe custa US$ 949 por adulto.

Reportagem publicada na edição 63, lançada em novembro de 2018

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).