Conheça os trunfos do Mont Cervin Palace

Divulgação
O vilarejo de Zermatt tem cerca 110 hotéis

O vilarejo de Zermatt está esplendidamente localizado aos pés do Matterhorn (em alemão) ou Monte Cervino (em italiano), uma das montanhas mais famosas do mundo devido ao seu formato triangular – inspiração para o chocolate Toblerone e o que a torna extremamente difícil de ser escalada (já passa de 500 o número de alpinistas que morreram tentando completar sua subida). Outras características bem menos dramáticas também são marcas registradas do destino. O território é car free, e apenas pequenos veículos elétricos, ônibus, táxis, carros comerciais e de transporte de turistas podem circular. As montanhas têm neve em qualquer época, o que possibilita a prática de esportes glaciais mesmo com temperaturas altas. Apesar do território pequeno, é muito bem preparado para receber turistas: são mais de 100 restaurantes no vilarejo, cerca de 50 nas montanhas e 110 hotéis. Aqui falaremos de um hotel em especial: o cinco estrelas Mont Cervin Palace, inaugurado em 1852.

LEIA MAIS: Conheça um destino de cinema no Lago de Lucerna

A clássica propriedade acumula muitos trunfos – a começar por sua localização privilegiada, bem no centro do vilarejo e apenas cinco minutos a pé da estação de trem. São quatro prédios interligados, com 150 quartos divididos em três categorias: alpino (apartamentos no prédio principal do Mont Cervin), chalé (quartos de madeira no Le Petit Cervin) e apartamentos família (maiores e ideais para acomodar grupos maiores de hóspedes).

São dois restaurantes gourmet no hotel, o Grill Le Cervin e o Ristorante Capri (uma estrela Michelin), aberto somente no inverno. De proposta mais casual, o Le Restaurant tem menu diverso, enquanto o Garten-Terrasse aposta em seu ambiente aberto, com vista privilegiada, nas tardes/noites de verão. O bar Joseph’s serve coquetéis, snacks, tem música ao vivo e também oferece chá da tarde. O próprio hotel preparou uma curadoria batizada de “Dine Around”, com 11 restaurantes e bares selecionados. Além dos restaurantes dentro do Mont Cervin, aparecem na lista: Edward’s Bar e Café, Myoko, 1818 Eat & Drink, Ferdinand, Whymper Stube, Sonnmatten, Ristorante Al Bosco e Alexandre.

O destino é convidativo também para aqueles que gostam de estar perto da natureza e de praticar esportes. Quando as temperaturas estão baixas, são 360 quilômetros de pistas disponíveis para esportes no gelo – no verão, a disponibilidade cai para 21 quilômetros. As trilhas de escalada também são atraentes: mais de 400 quilômetros de percursos demarcados, voltados a diferentes níveis de exploradores. Tours de bicicleta e de mountain bike também são pontos fortes que o destino oferece aos visitantes.

O Mont Cervin é o refúgio ideal para aqueles que buscam uma vida mais saudável. O programa batizado de “Nescens Bootcamp” combina caminhada nórdica, alimentação saudável e tratamentos de spa que podem durar três ou cinco dias. Logo que o hóspede chega, passa por um check-up para customizar a programação em função de suas necessidades individuais. O dia começa com um café da manhã balanceado, musculação e duas horas de caminhada pelas montanhas; na sequência, uma seção de recuperação muscular. Depois é servido um almoço personalizado no Joseph’s Bar; mais tarde, um momento de intervalo na piscina seguido por tratamentos no spa e, finalmente, um jantar no Le Cervin Grill.

VEJA TAMBÉM: Conheça a atmosfera clássica do Beau-Rivage Palace

Mesmo para quem não optar por um programa intenso como o Bootcamp, o spa segue como um programa imperdível. São diversas opções de massagens para o rosto e o corpo, além das áreas comuns que incluem piscina e sauna. O tratamento-assinatura batizado de Mont Cervin Palace é feito com leite de cabra e ervas suíças, inclui peeling e massagem e pode ser realizado individualmente ou em duplas.

AS MONTANHAS DE ZERMATT

• Sempre há neve no destino
• Localizada a quase 4.000 m de altitude, é a área esquiável mais alta dos Alpes
• É possível praticar heliskiing nas montanhas

Veja, na galeria de fotos abaixo, detalhes do Mont Cervin:

  • Mont Cervin: conforto e luxo desde 1852

  • O estrelado Capri: só no inverno

  • O jardim ao lado da piscina

  • Uma das salas de tratamento do spa

  • Matterhorn (ou Monte Cervino): marca registrada

  • O destino é ideal para a prática de mountain bike

Mont Cervin: conforto e luxo desde 1852

Reportagem publicada na edição 65, lançada em fevereiro de 2019

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).