9 lounges incríveis em aeroportos

Ambaar
Os lounges luxuosos permitem que os passageiros passem um tempo agradável e proveitoso entre suas viagens

Resumo: 

  • Segundo a especialista em mercado de luxo Manu Berger, o número de lounges luxuosos nos aeroportos tende a aumentar, uma vez que o interesse pela qualidade de vida e bem-estar é crescente;
  • Suítes privativas equipadas com chuveiros, serviços de atendimento personalizados e experiências gastronômicas sofisticadas são algumas das comodidades oferecidas pelos espaços;
  • Los Angeles (EUA), Istambul (Turquia), Perth (Austrália) e Guarulhos (Brasil) são algumas das cidades com aeroportos que alojam luxuosos lounges.

Viajar é sempre uma experiência única e prazerosa, mas, quando se trata de destinos longínquos, a espera para decolar e os processos demorados das formalidades de embarque nos aeroportos podem tornar este momento entediante e desconfortável. No entanto, a disponibilização dos lounges de luxo, permite que a comodidade, o bem-estar e todos os prazeres requintados tão aguardados possam ser usufruídos antes mesmo de se chegar ao destino final.

VEJA MAIS: 11 lounges com vistas surpreendentes no mundo

A tendência parece se consolidar cada vez mais. No Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, atualmente são dez salas. Só neste ano já há duas novidades. O American Express Lounge foi inaugurado no mês passado e, em setembro, O American Express Lounge foi inaugurado no mês passado e, em setembro, será disponibilizada uma nova Sala VIP da Mastercard Black. No Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, o Galeão, funciona desde o início de agosto o Plaza Premium Lounge Rio Destination Wedding, focado em casais em lua de mel ou que farão a cerimônia em outro lugar.

Segundo a especialista em mercado de luxo Manu Berger, os espaços que visam oferecer um conforto maior aos passageiros existem há muito tempo, mas uma mudança clara foi a possibilidade de acesso a um número maior de pessoas. “Com o passar do tempo, o espaço se democratizou e, atualmente, usuários de programas de fidelidade e de determinados cartões de crédito, para citar apenas dois exemplos, também tem à sua disposição ambientes diferenciados nos aeroportos”, diz Berger.

No entanto, ela também aponta para um crescimento na quantidade de lounges luxuosos uma vez que permitem aos passageiros passar um tempo agradável e proveitoso entre suas viagens. Segundo Manu, o motivo para a disseminação desses salões é a relação atual do luxo com as experiências. “Acredito que o interesse pela qualidade de vida só tende a crescer em todo o mundo e, dessa forma, os lounges que oferecem espaços destinados ao bem estar devem se consolidar cada vez mais”, afirma a analista.

Veja, na galeria de imagens a seguir, 9 lounges exclusivos e luxuosos em diferentes aeroportos do mundo:

  • Fattal Terminal, Aeroporto Ben Gurion (Israel)

    O Fattal Terminal, no Aeroporto Ben Gurion, é um terminal privado incorporado pela rede de hotéis israelense Fattal Hotels. O novo lounge, inaugurado em maio deste ano, teve investimento de cerca de 18 milhões de shekels (aproximadamente R$ 16,7 milhões) e oferece serviços exclusivos em todas as etapas do embarque. O espaço, próximo à entrada do Terminal 1, ocupa uma área de cerca de 1.300 m², que inclui uma sala de conferências, duas boutiques, seis salas privadas, uma de descanso e uma suíte privada para banho, além de funcionários para atender os hóspedes a qualquer momento.

    Há também um lobby onde os passageiros têm acesso a um buffet e, para aqueles que querem mais privacidade, é possível ir até o avião em veículo particular. O preço de utilização da sala de hospedagem no Terminal Fattal por até duas horas é de US$ 485 por pessoa e US$ 340 para cada passageiro adicional.

  • The Private Suite, Aeroporto Internacional de Los Angeles (EUA)

    O The Private Suite é um terminal privado dentro do Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX). Inaugurado no final de 2017, foi o primeiro neste modelo nos Estados Unidos. O local, que ocupa um antigo terminal de cargas, tem sala de alfândega particular, máquinas de câmbio e conta com suítes, equipadas com camas, banheiros e áreas para crianças e pets. O lounge ainda oferece massagens, sala de reuniões e equipamentos para videoconferência e comida de primeira qualidade. O serviço da Private Suite tem anuidade de US$ 4.500 e taxa extra a cada utilização: US$ 2.700 em viagem doméstica ou US$ 3.000 para embarque internacional.

  • Perth Transit Lounge da Qantas, Aeroporto Internacional de Perth (Austrália)

    O Perth Transit Lounge da Qantas foi inaugurado em março deste ano e é exclusivo para os passageiros da classe executiva nos novos voos (tanto ida como volta) 787-9 da empresa, que partem de Melbourne, na Austrália, param em Perth e continuam 17 horas sem escalas até Londres. O lounge oferece menus sazonais do Rockpool Bar & Grill (um restaurante de Sydney), churrasqueira ao ar livre, spa, banheiros que fornecem ledterapia e ajudam os viajantes a se ajustarem ao fuso horário para o qual estão voando. Há também um espaço no qual acontecem aulas de alongamento e respiração conduzidas por um professor de ioga, também projetadas para combater o jet lag.

  • La Première, Aeroporto Charles de Gaulle (França)

    O lounge da companhia aérea Air France está localizado no Aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, e é exclusivo aos passageiros da classe La Première. Projetado pelo arquiteto Didier Lefort, o espaço privativo tem 1.000 m². Lá, as bagagens ficam sob cuidado de um encarregado, e o passageiro é recebido em uma sala de check-in privativa. Logo depois, é oferecida uma recepção personalizada e os viajantes tem controle alfandegário facilitado pela equipe da Air France.

    A gastronomia é o centro das atenções, com cuidadosa seleção de vinhos e cardápio exclusivo, elaborado pelo chef Alain Ducasse, que muda a cada dois meses. Para relaxar, há tratamentos faciais e corporais. O lounge dispõe ainda de biblioteca, TV e espaço corporativo.

  • Star Alliance Lounge, Aeroporto Internacional de Guarulhos

    O Star Alliance Lounge, destinado aos passageiros que voam internacionalmente, é um espaço confortável, com boa gastronomia. O espaço tem suítes de banho personalizadas, e a decoração conta com peças originais de Indio da Costa, um dos mais renomados arquitetos e designers do país. A área é acessível a passageiros que viajam de primeira classe, executiva ou que possuam cartão Gold das companhias aéreas integrantes do programa Star Alliance e tem restrição de horário a quem possui programas como Lounge Club. Aos passageiros não elegíveis, é cobrado um valor de ​US$ 70.

    O lounge oferece serviço de recepção e assistência, com atendimento personalizado para realização de procedimentos aeroportuários de embarque e desembarque, retirada de bagagens e um carro exclusivo para fazer o deslocamento entre terminais, conexões e o acompanhamento até a porta da aeronave. É cobrada uma taxa extra de US$ 210 para o primeiro passageiro e US$ 150 aos demais acompanhantes.

  • Lounge Executivo da Turkish Airlines, no Aeroporto de Istambul (Turquia)

    A Turkish Airlines possui três lounges no Aeroporto de Istambul. O Lounge Executivo tem aproximadamente 60 mil m² e acomoda 765 passageiros sentados. O espaço tem 13 suítes privativas, equipadas com chuveiros, e conta com uma parceria com o museu de Arte Moderna de Istambul. Assim, os passageiros podem visitar uma exposição de artes única, que ocupa 130 m².

  • Polaris Lounge, vários aeroportos (EUA)

    O Polaris Lounge é um espaço inaugurado pela United que oferece serviço VIP apenas para passageiros que voam em sua classe executiva ou na primeira-classe e classe executiva em voos internacionais de longa distância das companhias aéreas filiadas a Star Alliance. O lounge tem salas nos Aeroportos Internacionais de São Francisco, Newark Liberty, em New Jersey, George Bush em Houston, Los Angeles e Washington Dulles. As áreas premium contam com restaurante de cozinha local e espaços para relaxamento, que incluem sofás com travesseiros e cobertor da marca Saks Fifth Avenue, e chuveiros. A experiência gastronômica conta também com um bar que oferece coquetéis personalizados.

  • First Class Terminal da Lufthansa, Aeroporto de Frankfurt (Alemanha)

    O First Class Terminal da Lufthansa, inaugurado no Aeroporto de Frankfurt em 2004 e reformado em 2014, oferece serviços exclusivíssimos para aqueles que estão embarcando ou desembarcando de voos na primeira classe da Lufthansa, Swiss, Air Dolomiti ou Austrian Airlines Group, em classe executiva. Um assistente pessoal aguarda na área da recepção para cuidar de todas as formalidades da viagem de forma rápida e discreta, e também acompanha o passageiro no caminho pela segurança e realiza o procedimento de check-in. A área VIP conta com cadeiras massageadoras e lounge para fumar charuto.

  • Heathrow V.I.P. service, Aeroporto de Londres Heathrow (Reino Unido)

    O Heathrow V.I.P. service, em Londres, era originalmente utilizado por membros da família real britânica, chefes de estado e diplomatas. Hoje, suas 17 suítes estão disponíveis para passageiros de classe executiva e primeira classe. Até seis viajantes podem comprar uma visita de duas horas em uma suíte por £ 2.750 (R$13.719), que inclui serviços de concierge e manuseio de bagagens, comida preparada por um chef com estrela Michelin, autorização de segurança privada e transporte em automóveis BMW Série 7 até o avião. O carro também pode transportar viajantes de Londres para o aeroporto.

Fattal Terminal, Aeroporto Ben Gurion (Israel)

O Fattal Terminal, no Aeroporto Ben Gurion, é um terminal privado incorporado pela rede de hotéis israelense Fattal Hotels. O novo lounge, inaugurado em maio deste ano, teve investimento de cerca de 18 milhões de shekels (aproximadamente R$ 16,7 milhões) e oferece serviços exclusivos em todas as etapas do embarque. O espaço, próximo à entrada do Terminal 1, ocupa uma área de cerca de 1.300 m², que inclui uma sala de conferências, duas boutiques, seis salas privadas, uma de descanso e uma suíte privada para banho, além de funcionários para atender os hóspedes a qualquer momento.

Há também um lobby onde os passageiros têm acesso a um buffet e, para aqueles que querem mais privacidade, é possível ir até o avião em veículo particular. O preço de utilização da sala de hospedagem no Terminal Fattal por até duas horas é de US$ 485 por pessoa e US$ 340 para cada passageiro adicional.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).