Receita e lucro da Accenture superam estimativas

iStock
A receita de serviços digitais, em nuvem e ligados à segurança representou cerca de 60% da receita total da empresa

A receita e o lucro trimestrais da Accenture ficaram acima das estimativas de Wall Street hoje (28), com a provedora de serviços de consultoria e terceirização se beneficiando do plano para elevar investimentos em serviços digitais e em nuvem.

LEIA MAIS: O conselho da CEO da Accenture para as mulheres: sejam fora do comum

As ações da Accenture subiram 1,7%, nas negociações de pré-mercado.

A receita de serviços digitais, em nuvem e ligados à segurança representou cerca de 60% da receita total da empresa sediada em Dublin, Irlanda.

A Accenture gastou mais de US$ 3 bilhões nos últimos três anos em cerca de 70 aquisições para impulsionar seus serviços digitais e em nuvem, a fim de competir melhor com a Cognizant e a IBM.

A empresa previu receita no trimestre atual entre US$ 9,8 bilhões e US$ 10,05 bilhões, cujo ponto médio foi um pouco abaixo da média de estimativa de analistas de US$ 10,01 bilhões, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

VEJA TAMBÉM: Receita da Accenture supera estimativas

O lucro líquido atribuível à empresa subiu a US$ 1,04 bilhão no trimestre encerrado em 31 de maio, ante US$ 669,5 milhões um ano antes. O lucro foi de US$ 1,60 por ação, ante US$ 1,05 um ano antes.

Excluindo itens, a empresa lucrou US$ 1,79 por ação, acima das estimativas dos analistas de US$ 1,72 por ação. A receita líquida da empresa subiu 15,8%, para US$ 10,84 bilhões, superando as estimativas de US$ 10,04 bilhões.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).