Walt Disney eleva oferta por ativos da Fox

Getty Images
A oferta da Walt Disney para comprar ativos da Twenty-First Century Fox é de US$ 71,3 bilhões

A Walt Disney elevou hoje (20) a oferta para comprar ativos da Twenty-First Century Fox para US$ 71,3 bilhões, incluindo ainda componente em dinheiro na proposta, em uma tentativa de superar os US$ 65 bilhões ofertados pela norte-americana Comcast na semana passada.

LEIA MAIS: Comcast se prepara para desafiar Disney

A nova oferta em dinheiro ou ações também é um incentivo para o maior acionista da Fox, o bilionário Rupert Murdoch, que detém junto com sua família 17% das ações com direito a voto da empresa. Isso porque devem receber grande cobrança tributária que pode ser gerada pela oferta toda em dinheiro feita pela Comcast. A proposta anterior da Disney era toda em ações.

Disney e Comcast estão disputando os ativos de televisão e cinema da Fox em um momento em que as companhias tradicionais de mídia estão enfrentando competição mais intensa de rivais online como a Netflix, que vendem conteúdo diretamente aos consumidores.

A oferta de US$ 38 por ação feita pela Disney, dividida em partes iguais em dinheiro e ações, é US$ 10 mais alta do que a feita pela empresa em dezembro. A última oferta da Comcast envolvia US$ 35 por ação em dinheiro.

A Disney também vai assumir cerca de US$ 13,8 bilhões em dívida líquida da Fox, o que leva o valor total da possível transação para cerca de US$ 85 bilhões.

VEJA TAMBÉM: Valor de mercado da Netflix ofusca Disney

A Fox afirmou em comunicado que a nova oferta da Disney é “superior” à feita pela Comcast. A Comcast não comentou o assunto.

As ações da Fox subiam mais de 6% às 11h22 (horário de Brasília), a US$ 47,52. A empresa afirmou que vai adiar uma assembleia extraordinária de acionistas para dar os investidores tempo de avaliar a oferta revisada da Disney.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).