Airbus vê forte demanda para novos aviões

iStock
Empresa se prepara para ampliar sua disputa com a Boeing para aeronaves de pequeno porte

A Airbus revelou o novo nome para o avião de passageiros CSeries de 110 a 130 assentos hoje (10), enquanto se prepara para ampliar sua disputa com a Boeing para aeronaves de pequeno porte.

VEJA TAMBÉM: Airbus assumirá controle do programa CSeries

A empresa europeia disse que estava renomeando a aeronave como A220, colocando-a logo abaixo de seu portfólio de longa data de aviões A300 que se estende do A319, de 124 assentos, até o A380 de 544 assentos.

A Airbus espera vender um número “de dois dígitos” dos jatos neste ano e vê demanda para pelo menos 3.000 deles em 20 anos, disse o chefe de vendas do CSeries, David Dufrenois.

A reformulação sela a aquisição pela Europa de um dos projetos industriais mais visíveis do Canadá e acaba com os esforços da Bombardier para seguir sozinha no mercado de jatos contra rivais maiores. Executivos da Airbus salientaram que seria positivo para empregos em Quebec, onde o jato é ​​construído.

Os modelos de 110 assentos e 130 assentos, anteriormente conhecidos como CS100 e CS300, serão denominados como A220-100 e A220-300, respectivamente.

LEIA: Cade aprova compra pela Airbus de 50% de controlada da Bombardier

Um acordo para a Airbus assumir o controle majoritário do programa de aeronaves com sede em Montreal, tendo a Bombardier e o Quebec como parceiros minoritários, foi fechado oficialmente em 1º de julho.

A medida também prepara o terreno para um confronto mais amplo com a Boeing, que na semana passada anunciou um acordo preliminar para assumir a unidade de aviação comercial da brasileira Embraer, concorrente da Bombardier.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).