Para modernizar lojas, Assaí testa caixa automatizado

iStock
Os investimentos em soluções para transformação digital do negócio de atacarejo do Assaí crescem, em média, cerca de 10% a cada ano

O Assaí, bandeira de mais forte crescimento do Grupo Pão de Açúcar (GPA), está investindo em tecnologia para modernizar sua rede de 130 lojas no país, em um esforço que inclui testes de automatização dos caixas para agilizar o pagamento de compras de grandes volumes e reduzir o tempo do cliente nas filas.

LEIA MAIS: Empresas interessadas em conteúdo cercam Endemol, produtora do “Big Brother”

“Trabalhamos com baixo custo e a tecnologia tem um papel importante nisso”, afirmou o diretor de tecnologia da informação do Assaí, André Campos, em entrevista à Reuters.

De acordo com o executivo, os investimentos em soluções para transformação digital do negócio de atacarejo do Assaí crescem, em média, cerca de 10% a cada ano. Em 2017, a bandeira investiu R$ 50,25 milhões em tecnologia da informação, montante que deve ser elevado a aproximadamente R$ 55,3 milhões em 2018.

“Tivemos uma movimentação grande de consumidores finais para esse segmento [de atacarejo]. E eles, assim como nosso público original, que são os pequenos empresários, já convivem com essa transformação digital”, disse Campos.

Entre as iniciativas, está o chamado Fast Pass, ainda em fase piloto. Trata-se de um caixa automatizado instalado na unidade da Jacu Pêssego, na cidade de São Paulo, que entrou em operação na quarta-feira da semana passada (27) para agilizar o processamento de compras de grandes volumes.

“O produto é colocado em uma esteira e passa por um equipamento que lê o código de barras ou reconhece a imagem”, explicou o executivo, sem informar o valor desembolsado no equipamento, que é de origem italiana. Campos, no entanto, revelou que o mesmo permite processar cerca de 70 produtos em 1 minuto, um ritmo cinco vezes mais rápido do que na operação manual.

VEJA TAMBÉM: Dólar tem leve alta frente o real com volume reduzido de negócios

Após passarem pela esteira, os produtos são direcionados à área de separação e empacotamento, enquanto o cliente segue para um guichê de pagamento também automatizado. “Nesse primeiro momento temos alguém acompanhando a operação, uma pessoa para cada ilha de pagamento”, disse o executivo.

Segundo ele, o Fast Pass permitirá ao Assaí reduzir significativamente o tempo de atendimento, diminuindo as filas na loja e garantindo uma experiência de compra mais eficiente a um número maior de consumidores.

Questionado sobre os planos de expandir o caixa automatizado para outras unidades, ele disse que o Assaí ainda está medindo os resultados do piloto antes de levar o projeto adiante. “Temos que refinar a coleta de dados e a forma de pagamento, mas é quase certo que se faça esse lançamento a partir do mês de agosto”, afirmou Campos.

Além do caixa automatizado, o investimento em tecnologia do Assaí inclui oferta de acesso sem fio à internet aos clientes nas lojas desde o término do ano passado. Até o fim desta semana, a conexão terá sido implementada em 65 das 130 lojas da rede e a expectativa é que se atinja a totalidade das lojas até o fim de agosto.

Apesar de permitir a comparação de preços online com concorrentes da bandeira, na avaliação de Campos, manter o cliente conectado durante as compras torna a experiência mais descontraída, favorecendo o acesso das redes sociais e também a interação do consumidor com o aplicativo do Assaí, que deve ganhar novas funcionalidades até o fim deste ano.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).