Aston Martin revela “carro esportivo para os céus”

Reuters
O projeto Volante Vision Concept tem recursos de pouso e decolagem na vertical e poderá atingir velocidades de cerca de 320 quilômetros por hora

A montadora de carros de luxo Aston Martin, marca favorita do espião britânico ficcional James Bond, revelou hoje (18) uma aeronave futurista chamada pela companhia de “carro esportivo para os céus”.

LEIA MAIS: 11 celebridades que investem fortunas em carros de luxo

A empresa anunciou o veículo híbrido para três ocupantes durante a feira britânica de aviação de Farnborough e, apesar do conceito ser coisa ainda de ficção científica, ela acredita que um dia poderá ajudar a revolucionar o transporte.

O projeto Volante Vision Concept tem recursos de pouso e decolagem na vertical e poderá atingir velocidades de cerca de 320 quilômetros por hora, disse Simon Sproule, da Aston Martin.

Líderes das indústrias de aviação e tecnologia estão trabalhando para tornar realidade carros elétricos para operar como táxis voadores. A lista de empresas trabalhando em projetos do tipo inclui, além da brasileira Embraer, Airbus e Uber, e investidores como o cofundador do Google Larry Page.

“Este é claramente um objeto de luxo, é um carro esportivo voador, então o preço será baseado nisso… Certamente será algo de sete dígitos”, disse Sproule.

VEJA TAMBÉM: Renault anuncia compartilhamento de carros em Paris

“PARECE UM JATO DE COMBATE”

A Aston Martin fez parceria com a Cranfield University, a Cranfield Aerospace Solutions e a fabricante de turbinas de aviões Rolls-Royce para desenvolver o veículo-conceito, que tem recursos de pilotagem autônoma permitidos por funções de inteligência artificial.

“Parece um jato de combate, mas ao mesmo tempo tem o luxo da Aston Martin”, disse David Debney, chefe de conceitos de aeronaves futuras da Rolls-Royce.

Comentando sobre como se pilota o veículo, Helen Atkinson, da Cranfield, afirmou: “Você tem que perceber o que está acontecendo no ambiente ao redor e então mandar isso muito rápido ao sistema de computador com inteligência artificial incorporado para realmente conseguir o nível necessário de autonomia”.

Separadamente, durante a feira de Farnborough, a Rolls-Royce revelou planos para um táxi voador, um veículo elétrico de pouso e decolagem vertical, que pode transportar quatro a cinco pessoas e atingir velocidades de até 400 quilômetros por hora.

A empresa afirmou que começou a buscar parceiros para o desenvolvimento do projeto, que espera ficar pronto na próxima década.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).