Cade aprova compra da Engie Solar pela Engie Brasil

iStock
Engie Solar é especializada em soluções de energia solar fotovoltaica para uso residencial, comercial e industrial

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição do controle total da Engie Solar pela Engie Brasil, mediante a compra de participações atualmente detidas pelas empresas RPF e Dual G, conforme despacho no Diário Oficial da União de hoje (23).

VEJA TAMBÉM: Total fecha acordo de US$ 1,5 bi por gás da Engie

A Engie Solar é especializada em soluções de energia solar fotovoltaica para uso residencial, comercial e industrial, o que inclui o desenvolvimento, venda, instalação, operação e manutenção de painéis fotovoltaicos com potência inferior a 5 MW.

Seus acionistas são Engie Brasil, RPF e Dual G, sendo que nenhum detém, de forma individual, o controle societário. Mas com o aval do Cade, o grupo francês Engie passará a deter 100% da Engie Solar

“Como a Engie Brasil está inserida no mercado de soluções completas e personalizadas de energia solar fotovoltaica somente por meio de sua participação na Engie Solar, logo a aquisição de seu controle pela Engie Brasil não configura um reforço em sobreposição horizontal ou integração vertical”, destacou o Cade em seu parecer.

Recentemente, um executivo da Engie disse à Reuters que a empresa aposta em “fazendas solares” para ampliar negócios com geração distribuída no Brasil.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).