Morre Sergio Marchionne, ex-presidente da Fiat Chrysler

Morre Sergio Marchionne, ex-presidente da Fiat Chrysler - GettyImages
Responsável por resgatar a Fiat e a Chrysler da falência depois de assumir o comando da montadora italiana em 2004, Sergio Marchionne morreu aos 66 anos após complicações de uma cirurgia.

O ex-presidente-executivo da Fiat Chrysler, Sergio Marchionne, um dos maiores e mais respeitados executivos da indústria automobilística, morreu após complicações de uma cirurgia recente.

E AINDA: Marchionne, da Fiat Chrysler, é tratado em Hospital de Zurique

O acionista controlador da montadora confirmou notícias de sua morte nesta quarta-feira (25), sem especificar a causa da morte ou dizer quando ele morreu.

Marchionne, de 66 anos, ficou gravemente doente depois do que a empresa descreveu como cirurgia no ombro em um hospital de Zurique. Ele foi substituído como presidente-executivo no fim de semana passado depois que a Fiat Chrysler (FCA) disse que sua condição havia piorado.

“Infelizmente, o que temíamos aconteceu. Sergio Marchionne, homem e amigo, se foi”, disse o presidente do conselho da FCA, John Elkann, herdeiro da família controladora Agnelli, em um comunicado.

A Marchionne resgatou a Fiat e a Chrysler da falência depois de assumir o comando da montadora italiana em 2004 e multiplicou o valor da Fiat 11 vezes ao longo de 14 anos de negociações acertadas. Ele deveria deixar a FCA em abril do próximo ano.

“A melhor maneira de honrar sua memória é construir o legado que ele nos deixou, continuando a desenvolver os valores humanos de responsabilidade e abertura dos quais ele foi o campeão mais fervoroso”, acrescentou Elkann.

E AINDA: 9 lições de liderança de Sergio Marchionne

No sábado, a FCA nomeou o chefe da divisão Jeep, Mike Manley, como presidente-executivo da sétima maior montadora do mundo, dizendo que o britânico de 54 anos executaria a nova estratégia de médio prazo que Marchionne delineou em junho.

A FCA disse que Manley trabalhará para garantir um futuro “forte e independente” para o grupo.

No sábado, Marchionne também foi substituído como presidente do conselho e presidente-executivo da Ferrari e presidente da fabricante de tratores CNH Industrial.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).