Unidade financeira da JD.com capta US$ 2 bi e dobra valor

Getty Images
Captação revela o entusiasmo do investidor por empresas chinesas de tecnologia grandes e privadas

O braço financeiro da JD.com levantou pelo menos 13 bilhões de iuanes (US$ 1,96 bilhão) em capital novo de investidores chineses, o que dobrou seu valor antes de uma esperada oferta pública inicial de ações, disseram fontes com conhecimento direto sobre o assunto.

VEJA TAMBÉM: Prejuízo líquido do site chinês JD.com aumenta

A captação revela o entusiasmo do investidor por empresas chinesas de tecnologia grandes e privadas, mesmo com o enfraquecimento no valor de abertura de capital. Esta semana, a fabricante de smartphone Xiaomi concluiu o maior IPO do mundo no setor de tecnologia em quase quatro anos, mas viu o valor de suas ações cair na estreia em Hong Kong.

A rodada de captação da JD Finance, que começou no fim do ano passado, estabelece seu valor em 120 bilhões de iuanes, disseram as fontes à Reuters.

O montante é o dobro dos cerca de 60 bilhões de iuanes estimados para JD Finance, após a divisão na JD.com, segunda maior empresa de comércio eletrônico da China, em meados de 2017.

Mais investidores ainda podem se juntar à captação, disse uma das fontes, o que significa que o valor da JD Finance pode subir ainda mais.

LEIA: Google vai investir em gigante chinesa

Grandes investidores nesta rodada incluem CICC Capital, uma unidade de investimento do China International Capital Corp (CICC), a corretora China Securities, a empresa da private equity Citic Capital and BOCGI, e o braço de investimento do Bank of China.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).