Apple se aproxima de US$ 1 trilhão em valor de mercado

A companhia projeta receita de US$ 60 bilhões a US$ 62 bilhões para o seu quarto trimestre fiscal

As ações da Apple atingiram hoje (1) a marca de US$ 200 pela primeira vez, levando o valor de mercado da empresa a se aproximar de US$ 1 trilhão, após a companhia projetar um forte aumento das vendas no atual trimestre, enquanto analistas disseram que o lançamento em setembro de novos iPhones deve abrir caminho para um crescimento sustentável.

LEIA MAIS: Resultados trimestrais da Apple superam estimativas

Os papéis da empresa chegaram a subir 5,7%, para uma máxima de US$ 201,32 no início do pregão, aproximando-se do nível de US$ 206,49 que dará à companhia um valor de mercado de US$ 1 trilhão. Considerando os ganhos de hoje, a Apple acumula alta de 17,5% este ano.

A companhia projeta receita de US$ 60 bilhões a US$ 62 bilhões para o seu quarto trimestre fiscal, superando os US$ 59,6 bilhões previstos por analistas, de acordo com dados da Thomson Reuters I/B/E/S.

A fabricante do iPhone normalmente lança modelos do aparelho em setembro, o que inclui alguns dias de vendas no atual quarto trimestre fiscal.

Em setembro deste ano, a Apple deve lançar modelos com tela cheia como o iPhone-X junto com outras atualizações.

“Acreditamos que a empresa deve lançar três novos iPhones em setembro, com possíveis preços mais baixos e maior segmentação, o que poderia levar a um crescimento unitário em 2019”, escreveram analistas da Canaccord Genuity em nota a clientes.

VEJA TAMBÉM: Apple Watch pode ser afetado por novas tarifas dos EUA

Pelo menos quatro corretoras elevaram o preço-alvo da ação. A Independent Research continua sendo a mais otimista, ao elevar o preço-alvo em US$ 6, para US$ 226.

O caro iPhone X da Apple impulsionou as margens do terceiro trimestre e gerou otimismo de que o novo modelo com características premium e preço mais alto que os demais eleve ainda mais as margens, segundo analistas.

“Acreditamos que a lição que a gerência da Apple aprendeu com o iPhone X é que quando você vende um smartphone por mais de US$ 1 mil, você pode vender menos unidades e ainda colher os benefícios financeiros”, disse Tom Forte, analista da DA Davidson.

A Apple vendeu 41,3 milhões de iPhones no terceiro trimestre fiscal, 500 mil a mais que o esperado. Mas o preço médio de venda do iPhone superou a expectativa em US$ 30, atingindo US$ 724.

Analistas do Morgan Stanley elevaram suas estimativas de embarques do iPhone no quarto trimestre em 3%, para 48,3 milhões, e aumentaram o preço médio de venda para US$ 720.

Os outros produtos da empresa também se saíram bem no terceiro trimestre, incluindo sua loja de aplicativos e de música. Os analistas também esperam que a empresa revele em breve um serviço de vídeo, que pode afetar os principais serviços de streaming, como o Netflix e o Prime da Amazon.com .

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).