BMG contrata bancos para avaliar IPO, dizem fontes

iStock
Itaú Unibanco, JPMorgan Chase & Co, Banco Plural SA e XP Investimentos foram contratadas para analisar se um IPO do BMG seria viável

O banco de varejo de pequeno porte BMG contratou instituições financeiras para considerar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), disseram à Reuters duas fontes com conhecimento do assunto.

LEIA MAIS: Empresas se unem para financiamento e mentoria para fintechs

As unidades de banco de investimentos do Itaú Unibanco, JPMorgan Chase & Co e Banco Plural SA e a corretora XP Investimentos foram contratadas para analisar se um IPO do banco de varejo seria viável.

O BMG reportou lucro líquido de R$ 76 milhões no primeiro semestre de 2018, com retorno sobre o patrimônio de 5,9% e carteira de crédito de R$ 9,1 bilhões.

O jornal “Valor Econômico” divulgou hoje (31) mais cedo sobre a contratação dos bancos. BMG, XP e Plural se recusaram a comentar o assunto e o JPMorgan e o Itaú Unibanco não comentaram imediatamente.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).