China aprova fusão entre Suzano e Fibria

iStock
A operação ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) do Brasil

A operação de fusão entre as concorrentes Suzano Papel e Celulose e Fibria Celulose foi aprovada sem restrições pelo órgão de defesa da concorrência da China, informou a Suzano hoje (31).

LEIA MAIS: Fusão entre Suzano e Fibria é aprovada nos EUA

A operação, que resultará da criação da maior produtora de celulose do mundo, ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) do Brasil e outras autoridades concorrenciais do exterior.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).