Lucro da Lojas Americanas cai 58% no 2º tri

iStock
O lucro líquido Lojas Americanas no segundo trimestre teve uma baixa de 58% ante mesmo período de 2017

A Lojas Americanas anunciou hoje (10) que teve lucro líquido de R$ 26,3 milhões no segundo trimestre, baixa de 58% ante mesmo período de 2017, enquanto a plataforma digital B2W mostrou leve redução no prejuízo líquido.

LEIA MAIS: Lojas Americanas reverte prejuízo no primeiro trimestre

O resultado operacional da Lojas Americanas medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado somou R$ 578,1 milhões, queda de 6% na comparação anual. Já a margem Ebitda ajustada foi de 15,2%, uma redução de 0,9%.

Os números do segundo trimestre da Lojas Americanas foram influenciados negativamente pelo efeito calendário, uma vez que as vendas relacionadas à Páscoa ficaram concentradas no primeiro trimestre do ano.

No período, o Gross Merchandise Volume (GMV), métrica usada para calcular o total de vendas que ocorre em um determinado período no comércio eletrônico, da Lojas Americanas subiu 12,2%, para R$ 5,89 bilhões.

Já a controlada B2W teve crescimento de 25% no GMV de abril a junho, para R$ 3,2 bilhões. O marketplace da B2W atingiu R$ 1,51 bilhão de GMV no segundo trimestre, uma alta de 85,3% ano a ano, respondendo por 47,2% do GMV total.

A plataforma da B2W conectou mais de 3,3 mil novos vendedores, saindo da base de 12,1 mil vendedores ao final de março deste ano para mais de 15,4 mil em junho. Na comparação com o segundo trimestre do ano passado, a base mais que dobrou.

VEJA TAMBÉM: Lojas Americanas planeja abrir cerca de 200 lojas em 2018

No período de abril a junho, a B2W teve prejuízo líquido de R$ 108,8 milhões, registrando leve melhora em relação ao resultado líquido negativo de R$ 111,8 milhões no mesmo período de 2017. Já o Ebitda ajustado foi de R$ 80,6 milhões, alta de 3% na comparação anual.

A receita líquida da Lojas Americanas somou R$ 3,8 bilhões, montante 0,2% inferior ao verificado um ano antes. No mesmo período, o custo das mercadorias vendidas e serviços prestados recuou 1,9%, para R$ 2,5 bilhões.

Já a receita líquida da B2W somou R$ 1,48 bilhão no segundo trimestre, ante R$ 1,47 bilhão um ano antes.

A Lojas Americanas informou que abriu 27 novas lojas nos primeiros seis meses do ano e já tem 165 lojas contratadas. A empresa mantém a meta de inaugurar 200 novas lojas no ano.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).