Lucro da PagSeguro dispara 177% no 2º trimestre

PagSeguro teve lucro líquido de R$ 227,6 milhões no 2º trimestre

A empresa de meios eletrônicos de pagamentos PagSeguro anunciou ontem (30) que teve lucro líquido de R$ 227,6 milhões, um salto de 176,8% ante mesma etapa de 2017.

LEIA MAIS: PagSeguro lança nova oferta de ações

Em comunicado, a empresa afirma ter fechado junho com uma base de clientes de 3,5 milhões, um avanço de 68,7% sobre 12 meses. Esse movimento ajudou a PagSeguro a ter um salto de 74,9% na receita líquida, para R$ 1 bilhão.

A empresa concentrada em microempreendedores, que fez sua estreia na bolsa de Nova York em janeiro, informou ainda que sua margem líquida de abril a junho foi de 22,7%, um aumento de 7,9 pontos percentuais no comparativo anual.

Na outra ponta, as despesas totais da empresa somaram R$ 689 milhões no trimestre, montante 56,3% superior ao de um ano antes.

O resultado da PagSeguro foi divulgado em um momento em que Cielo e Rede, líderes do mercado nacional de meios de pagamentos, estão multiplicado ofertas para clientes de pequeno porte, numa tentativa de retomar o crescimento e voltar a dar as cartas no setor, diante da entrada agressiva de novos rivais como PagSeguro, Stone e Safra.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).