Premiado roteirista Neil Simon morre aos 91 anos

Getty Images
Simon morreu no Hospital Presbiteriano, em Nova York, devido a complicações provocadas pela pneumonia

O roteirista norte-americano Neil Simon, que se tornou um dos dramaturgos mais prolíficos e populares da Broadway por combinar humor, drama e introspecção em obras como “The Odd Couple”, “A Garota do Adeus” e “Lost in Yonkers”, morreu neste domingo, aos 91 anos, disseram seus representantes.

LEIA MAIS: Morre Otávio Frias Filho, diretor de redação da Folha

Simon morreu no Hospital Presbiteriano, em Nova York, devido a complicações provocadas pela pneumonia, disseram os representantes do teatro da Broadway DKC/O&M em comunicado neste domingo. Simon foi internado no hospital há alguns dias com pneumonia, disse o assessor de longa data de Simon, Bill Evans, em uma entrevista por telefone no domingo. Evans disse que doou um rim a Simon em 2004.

“Foi maravilhoso estar em sua vida e ele estar na minha vida”, disse Evans, chamando Simon de figura importante na cultura americana. “Foi ótimo ser parte de tudo isso.”

Simon contou com sua tumultuada educação judaica nova-iorquina em muitas de suas obras.

Um novo Simon tocou quase todas as temporadas teatrais de 1960 a meados da década de 1990, colocando-o nas fileiras dos principais dramaturgos da América. Ele escreveu mais de 40 peças que foram engraçadas, emocionantes e imensamente populares – às vezes mudando de palhaçada para melodrama com a volta de uma frase.

Em um ponto ele teve um recorde de quatro peças rodando simultaneamente na Broadway.

Simon foi chamado de “não apenas um sucesso de show business, mas uma instituição” por um crítico de Nova York. Enquanto sua voz e comédia eram decididamente da Costa Leste e refletiam muitas vezes uma experiência étnica judaica, as obras de Simon tocavam em casas lotadas ao redor do mundo.

Ele ganhou Tony Awards por “The Odd Couple”, “Biloxi Blues” e “Lost in Yonkers” e um quarto por sua contribuição global para o teatro americano. Ele foi indicado para outros 13 Tonnys.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).