Volkswagen investirá € 3,5 bi em negócios digitais

iStock
Novos carros vão conectar os vários sensores usando o novo sistema operacional

A Volkswagen investirá € 3,5 bilhões até 2025 para criar negócios e produtos digitais, incluindo uma plataforma baseada em computação em nuvem para conectar veículos e clientes a serviços como compartilhamento de carros.

LEIA MAIS: Volkswagen entrega gestão regional a suas marcas

A montadora alemã informou hoje (23) que está trabalhando em um novo sistema operacional, a ser chamado de “vw.OS”, que será introduzido nos carros elétricos da marca a partir de 2020.

Esses novos veículos terão uma arquitetura eletrônica completamente nova, projetada para ajudar a facilitar funções de direção autônoma, disse a VW. Em vez de ter cerca de 70 sensores e controladores diferentes operando independentemente dentro de cada veículo, os novos carros vão conectar os vários sensores usando o novo sistema operacional.

Dessa forma, as informações coletadas por um sensor de estacionamento podem ser vinculadas à direção, aos freios e aos mapas de alta definição para permitir que um carro estacione quando uma câmera a bordo detectar uma vaga livre.

A VW informou que é mais fácil fazer atualizações de software para carros se o sistema operacional for projetado internamente, em vez de depender de softwares fornecidos por terceiros por conta dos diferentes fornecedores de sensores.

A montadora espera gerar cerca de € 1 bilhão em vendas até 2025, oferecendo novos serviços digitais, incluindo de compartilhamento de carros, estacionamento e entrega de encomendas.

VEJA TAMBÉM: Volkswagen planeja IPO em divisão de caminhões e ônibus

O impulso digital inclui a incorporação de aplicativos para smartphones como “We Park” em sistemas de informação e entretenimento dos carros e a conexão de veículos com fornecedores como a Amazon, que podem usar um aplicativo para abrir carros, para que possam ser usados ​​como locais de entrega de produtos comprados online, disse a VW.

A montadora também anunciou que lançará um serviço de compartilhamento de carros, chamado “We Share”, em Berlim, usando uma frota de 2 mil veículos elétricos no segundo trimestre de 2019.

O serviço We Share será expandido para os principais mercados europeus, bem como cidades selecionadas nos Estados Unidos e Canadá.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).