BMW faz alerta sobre queda no lucro este ano

iStock
iStock

A montadora alemã BMW alertou que seu lucro antes de impostos vai cair este ano, ante expectativa anterior de um resultado estável, e cortou sua projeção para a margem de lucro dos carros, culpando a intensa concorrência de preços na esteira de novas regras de emissões.

LEIA MAIS: BMW diz que parceria com a chinesa Brilliance avança

As ações da BMW caíram 3,9% após a montadora se juntar à rival Daimler e uma série de fornecedores que no início deste ano culparam o conflito comercial global e a introdução de padrões antipoluição pela queda nos lucros.

A BMW está à frente de seus pares Volkswagen e Daimler em termos de venda de carros que estão em conformidade com o novo padrão mundial Harmonized Light Vehicle Test (WLTP), mas o início das regras levou a distorções e concorrência inesperada de preços.

A introdução do WLTP forçou algumas montadoras a reterem a venda de modelos que não estão em conformidade, levando-as a dar descontos em outros modelos para defender sua participação de mercado. O licenciamento de automóveis na Europa subiu 29,8% no mês passado.

As tensões comerciais internacionais, que deram origem a tarifas de importação, também estão alimentando a incerteza do mercado, disse a BMW. Como resultado, espera-se que o lucro antes dos impostos do ano todo caia moderadamente, em vez de permanecer no mesmo nível do ano passado.

Espera-se agora que a margem operacional na divisão automotiva da BMW seja de pelo menos 7%, em vez de estar alinhada com o objetivo do grupo de pelo menos 8 a 10%, acrescentou a BMW.

VEJA TAMBÉM: Cade aprova joint venture entre Daimler e BMW

“Esse alerta de lucro é uma surpresa, mas isso ocorre porque as condições do mercado mudaram”, disse o analista da NordLB, Frank Schwope, que ainda tem uma recomendação de “compra” para as ações da BMW.

Em agosto, a BMW reafirmou suas metas para o ano todo, mas analistas do Evercore ISI duvidaram ontem (24) da capacidade da BMW de atingir sua meta de lucro antes dos impostos.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).