Dólar recua 1,27% e fecha a R$ 4,07

iStock
A moeda norte-americana fechou o dia a R$ 4,07, uma queda de 1,27%

O dólar operava em queda hoje (20), depois de recuar abaixo de R$ 4,10 na mínima da sessão, em sintonia com o bom desempenho das divisas de países emergentes no exterior e após a pesquisa Datafolha mostrar Fernando Haddad (PT) empatado tecnicamente com Ciro Gomes (PDT) na segunda colocação da disputa do Palácio do Planalto.

LEIA MAIS: Dólar cai abaixo de R$ 4,10 com exterior e Datafolha

A moeda norte-americana fechou o dia a R$ 4,07, uma queda de 1,27%.

“O Datafolha mostra que a corrida eleitoral ainda não tem um quadro definido. É cedo para apostar que a eleição já se encontra definida entre Bolsonaro e Haddad”, comentou a SulAmérica Investimentos em relatório, ao ponderar que “Ciro Gomes pode surpreender nesta reta final da campanha”.

Segundo o levantamento divulgado nesta madrugada, Jair Bolsonaro, do PSL, seguiu na liderança da disputa pelo Palácio do Planalto, com 28% de apoio, com Haddad (PT) registrando 16%, na segunda colocação, em empate técnico com Ciro Gomes (PDT), com 13%.

O levantamento anterior do Datafolha, divulgado na última sexta-feira (14), mostrava o candidato do PSL com 26% da preferência do eleitorado, enquanto Haddad e Ciro estavam empatados com 13%.

Na terça-feira (18), o Ibope trouxe Bolsonaro na liderança, mas Haddad isolado em segundo lugar, com 19% dos votos e Ciro com 11%.

VEJA TAMBÉM: Cenário externo e pesquisa Ibope fazem dólar cair

“Acho difícil o dólar voltar aos R$ 4,20, a menos que Ciro ou Haddad ganhem força. A moeda deve oscilar entre R$ 4,10 e R$ 4,15 “, projetou o gerente de câmbio da corretora Ourominas, Mauriciano Cavalcante, ao justificar a moeda não ter sustentado o piso da sessão.

No exterior, o dólar operava com queda firme ante a cesta de moedas e perdia força ante as divisas de países emergentes, em meio à busca por ativos baratos, que favorecia principalmente o rand sul-africano e o rublo.

O Banco Central ofertou e vendeu integralmente 10,9 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando US$ 7,085 bilhões do total de US$ 9,801 bilhões que vencem em outubro. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).