Filipino planeja encurtar viagens com drone de passageiro

iStock
O aparelho de Mendiola, “Koncepto Milenya”, pode voar a uma altura de até 6,1 metros

Um inventor filipino revelou o que chama de carro esportivo voador, que representa o futuro do transporte, dirigindo-o para fora de um armazém em direção a uma audiência e deixando uma nuvem de poeira por onde passava.

LEIA MAIS: Drones e monitoramento: o exército de céticos da Tesla

O ex-dançarino e operador de câmera Kyxz Mendiola voou e pairou por alguns minutos em uma máquina de um único passageiro alimentada pela tecnologia “multicopter” comumente usada em pequenos drones não tripulados.

“Foi incrível”, disse Mendiola à Reuters após o que ele disse ter sido o primeiro teste de voo público de sua invenção. “O trabalho duro recompensou. Tudo funcionou perfeitamente.”

O aparelho de Mendiola, “Koncepto Milenya”, pode voar a uma altura de até 6,1 metros e uma velocidade de 60 km/h, mas o voo de teste durou apenas pouco mais de 10 minutos.

Ele disse que levou muito tempo para economizar os recursos para os componentes do aparelho de uso individual, alimentado por seis baterias de lítio, que o passageiro dirige com um controlador de frequência de rádio portátil.

VEJA TAMBÉM: Por que drones podem injetar 42 bilhões de libras no Reino Unido

“Aperte um botão e ele sobe, então empurre o controle para frente e ele avança. É muito inteligente, é por isso que estou dizendo que tem muito potencial”, disse Mendiola.

O equipamento, que pode transportar até 100 quilos, pode cortar horas de viagens em cidades como a capital filipina, Manila, afetada por um crônico problema de trânsito, diz ele.

“Para ir a algum lugar que fica a uma hora de distância de carro, isso pode te levar lá em cinco minutos”, disse ele.

A empresa australiana Star8 está trabalhando com Mendiola para desenvolver o veículo após um vídeo que viralizou.

O presidente-executivo da Star8, Jacob Maimon, disse que quer produzir o aparelho e vendê-lo para a Austrália, Europa e Hong Kong, após ajudar Mendiola a aperfeiçoar a máquina.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).