Indonésia vai atuar com Jack Ma em prol das exportações

Getty Images
O fundador e presidente-executivo do Alibaba, que esteve em Jacarta para os Jogos Asiáticos de 2018, foi nomeado consultor de comércio eletrônico para o governo indonésio em 2017.

A Indonésia fará parceria com Jack Ma, presidente-executivo do Alibaba, para estudar formas de usar o ecossistema da gigante chinesa de tecnologia para aumentar suas exportações, especialmente para a China, disse ontem (2) o ministro de comunicações indonésio à Reuters.

LEIA MAIS: Receita do Alibaba supera estimativas do primeiro trimestre

“Também estamos discutindo como trabalhar juntos para desenvolver talentos tecnológicos para atender às necessidades da Indonésia e da região”, disse o ministro Rudiantara, depois de se encontrar com Ma e o presidente da Indonésia, Joko Widodo, no sábado (1).

O fundador e presidente-executivo do Alibaba, que esteve em Jacarta para os Jogos Asiáticos de 2018, foi nomeado consultor de comércio eletrônico para o governo indonésio em 2017.

A McKinsey estimou em relatório divulgado em 30 de agosto que o valor do mercado de comércio eletrônico na Indonésia crescerá para pelo menos US$ 55 bilhões até 2022, saindo dos US$ 8 bilhões registrados em 2017.

O Alibaba é a maior empresa de comércio eletrônico da China, mas seu ecossistema inclui a plataforma de pagamentos Alipay e um braço de computação em nuvem.

O ministro indonésio Rudiantara disse à Reuters que os detalhes do acordo serão finalizados durante uma segunda visita de Ma em outubro.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).