Órgão alemão entrará com ação coletiva contra VW

iStock
Vzbv entrará com ação coletiva contra VW por ter manipulado testes de emissões de diesel

A Volkswagen enfrentará outra ação coletiva por ter manipulado testes de emissões de diesel, desta vez em casa, quando a Alemanha introduzir uma nova legislação em novembro.

LEIA MAIS: Volkswagen investirá € 3,5 bi em negócios digitais

A organização estatal de proteção dos direitos do consumidor Vzbv informou hoje (12) que conduzirá um “trabalho pioneiro” com o grupo de lobby de motoristas ADAC ao entrar na justiça por conta dos danos causados aos proprietários de veículos.

A ação coletiva tornou-se possível depois que o governo alemão aprovou um projeto de lei em maio que permitirá a organizações de proteção ao consumidor litigar em nome dos consumidores que representa, evitando os elevados custos judiciais que podem desencorajar as pessoas a entrar na justiça.

A Vzbv informou que pretendia mostrar que proprietários de veículos das marcas VW, Audi, Skoda e Seat com motores a diesel do tipo EA 189 foram intencionalmente prejudicados com o uso pela Volkswagen de software para trapacear testes de emissões.

A montadora disse que a possibilidade não mudava sua visão de que não havia base legal para os consumidores fazerem reclamações relacionadas à questão do diesel na Alemanha.

A Vzbv informou que buscava indenização para cerca de 2 milhões de proprietários de carros movidos a diesel que não eram ecologicamente amigáveis como a VW alegava serem no momento da compra.

VEJA TAMBÉM: Ex-CEO da VW se omitiu em escândalo das emissões

Em 2015, a VW admitiu o uso ilegal de dispositivos de controle em motores para trapacear os testes de emissões nos EUA.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).