Previsão de lucro da Accenture abaixo das expectativas

Albert Gea/Reuters
Visitantes observam dispositivos em estande da Accenture durante evento em Barcelona, em 26/02/2013

A previsão de lucro da Accenture para o ano ficou abaixo das estimativas, ofuscando um resultado acima do esperado no quarto trimestre. A empresa de serviços de consultoria e terceirização disse que espera lucro anual entre US$ 6,98 e US$ 7,25 por ação, abaixo da estimativa média de US$ 7,28, mediante um crescimento de 5% a 8% na receita anual em moeda local. A previsão considera o impacto de um dólar mais forte, a possibilidade de um Brexit difícil e o possível impacto da guerra comercial em curso.

LEIA MAIS: 5 ideias estranhas que irão torná-lo mais criativo

Como seus pares, a Accenture tem se concentrado em serviços de computação em nuvem, na segurança cibernética e na ciência de análise para reduzir a dependência de tecnologia da informação, onde as margens caem à medida que os clientes exigem mais por preços menores. A companhia investiu cerca de US$ 3,4 bilhões nos últimos três anos — quase metade no ano fiscal de 2017 — em cerca de 70 aquisições, para impulsionar seus serviços digitais e em nuvem para competir com a Cognizant e a IBM.

Grande parte do aumento recente foi impulsionado por esses serviços, que incluem desde gerenciar estratégias de marketing de mídia social dos clientes até ajudá-los a migrar as operações para a nuvem. A receita de seus serviços digitais, em nuvem e relacionados à segurança representou mais de 60% da receita total.

LEIA TAMBÉM: Como liderar a Geração Z no trabalho

O lucro líquido atribuível à empresa subiu para 1,03 bilhão de dólares, ou US$ 1,58 por ação, no qUarto trimestre encerrado em 31 de agosto, ante US$ 932,5 milhões, ou US$ 1,48 por ação, um ano atrás. O lucro da Accenture superou a estimativa média de analistas de US$ 1,56 por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S. A receita líquida subiu para US$ 10,15 bilhões, acima das estimativas de US$ 10,01 bilhões.

A empresa também elevou seu dividendo semestral em 10%, para US$ 1,46, e informou que seu conselho aprovou um programa adicional de recompra de ações de US$ 5 bilhões.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).