Brasileira Stone levanta US$ 1,5 bi em IPO nos EUA

iStock
A Stone Co e seus acionistas inicialmente esperavam levantar até US$ 1,1 bilhão

A processadora de cartões de crédito brasileira Stone Co Ltd precificou sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) na bolsa norte-americana Nasdaq acima da faixa de preço inicialmente sugerida, levantando US$ 1,5 bilhão, disse uma pessoa com conhecimento do assunto.

LEIA MAIS: Brasileira Stone espera atrair Warren Buffett em IPO

A forte demanda permitiu à empresa vender suas ações a US$ 24, ante uma faixa de preço entre US$ 21 e US$ 23, e elevar o volume de ações, acrescentou a fonte, que pediu anonimato para discutir livremente a transação. A Stone Co e seus acionistas inicialmente esperavam levantar até US$ 1,1 bilhão.

A precificação foi antecipada de hoje (25) para ontem (24), desconsiderando os receios que levaram a uma queda de 4,4% da Nasdaq nesta quarta-feira.

Mesmo antes de definir o preço de suas ações, Stone já havia atraído importantes investidores para o IPO, como a Berkshire Hathaway Inc., de Warren Buffett, e a Ant Financial, subsidiária de pagamento da gigante de e-commerce chinesa Alibaba.

Controlada pelos fundadores André Street e Eduardo Pontes, os acionistas da Stone incluem os sócios da 3G Capital Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, além da Madrone Capital Partners, uma empresa de investimentos norte-americana que administra parte da fortuna da família Walton, sócia majoritária do Wal-Mart Stores.

A Stone disse em documentos apresentados ao órgão regular dos mercados norte-americanos que pretende usar os recursos para fusões, aquisições e capital de giro. A empresa disse que pretende crescer oferecendo serviços bancários e criando um programa de fidelidade.

VEJA TAMBÉM: Brasileira Stone Pagamentos planeja IPO em Nova York

As ações da Stone estreiam na Nasdaq nesta quinta-feira.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).