CEO da Pfizer deixará cargo no próximo ano

Andrew Kelly/Reuters
Logo da Pfizer na sede em Nova York – 22/04/2014

 

A farmacêutica Pfizer anunciou hoje (1º) que seu presidente-executivo, Ian Read, deixará o cargo no início do ano que vem e será sucedido pelo vice-presidente de operações, Albert Bourla. Read, que foi indicado CEO em dezembro de 2010, se tornará presidente do conselho de administração da Pfizer a partir de 1º de janeiro.

LEIA MAIS: Versão genérica do Viagra chega ao mercado pela metade do preço da original

“Tem sido uma honra servir como CEO da Pfizer nos últimos oito anos”, disse Read. “No entanto, agora é o momento certo para uma mudança de liderança, e Albert é a pessoa ideal para orientar a Pfizer na próxima era.”

Nos oito anos em que Read comandou a companhia, a empresa ganhou 30 aprovações do órgão regulador de saúde dos Estados Unidos, bem como a expiração de patentes vencidas de poucos de seus grandes sucessos, incluindo o medicamento contra colesterol Lipitor.

Antes de assumir o cargo de diretor operacional no início do ano, Bourla, de 56 anos, liderou o negócio Innovative Health, que registrou receita de US$ 31,4 bilhões em 2017. “O anúncio de liderança de hoje é parte de um processo planejamento de sucessão plurianual planejado”, disse Shantanu Narayen, diretor independente da Pfizer.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).