Google deve interromper desenvolvimento do Dragonfly, diz vice dos EUA

iStock
Mike Pence diz que o aplicativo reforçará a censura do Partido Comunista chinês

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, criticou duramente hoje (4) o que classificou como roubo de tecnologia norte-americana pela China e pediu que o Google encerre imediatamente o desenvolvimento de seu aplicativo “Dragonfly”, que vai tornar mais fácil o monitoramento das buscas de usuários na internet.

LEIA MAIS: Facebook e Google concordam sobre código de conduta

Pence disse em um discurso que líderes empresariais estão agora pensando duas vezes antes de entrar no mercado chinês “caso isso signifique entregar sua propriedade intelectual ou ser cúmplice da opressão de Pequim”.

“Mais (empresas) devem seguir o exemplo”, acrescentou. “Por exemplo, o Google deveria encerrar imediatamente o desenvolvimento do aplicativo Dragonfly, que reforçará a censura do Partido Comunista e comprometerá a privacidade dos usuários chineses”.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).