Governo de SP adia leilão da Cesp para 19 de outubro

REUTERS/Ueslei Marcelino
O adiamento ocorre em meio a incertezas políticas e regulatórias

A Cesp informou hoje (1) que o leilão de venda do controle acionário da elétrica pelo governo paulista, previsto para amanhã (2), foi adiado para o próximo dia 19 de outubro, segundo decisão do Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização.

LEIA MAIS: Governo paulista derruba liminar que suspendia leilão da Cesp

O adiamento ocorre em meio a incertezas políticas e regulatórias.

Especialistas disseram à Reuters hoje (1) que tais incertezas afastaram investidores do leilão, que originalmente deveria ter acontecido no ano passado, mas deixou de ocorrer em 2017 por falta interessados, entre outros motivos.

Segundo o plano, a companhia será vendida por um bônus de outorga de no mínimo R$ 1,37 bilhão, a ser pago ao governo federal, e de R$ 14,30 por cada ação do governo paulista na companhia, o que representa cerca de R$ 1,66 bilhão.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).