Lucro da WEG sobe 22% e atinge R$ 381 mi no 3º tri

Divulgação/Reuters
Fabricante de motores elétricos também registrou aumento da receita

A fabricante de motores elétricos e tintas industriais WEG teve lucro líquido de R$ 381,43 milhões no terceiro trimestre, alta de 22,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, em meio a um robusto aumento da receita líquida. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) subiu 25,9% na comparação anual, para R$ 489,02 milhões, informou hoje (24) a empresa que também atua na geração, transmissão e distribuição de energia. A margem Ebitda, contudo, recuou para 15,1%, ante 16% no terceiro trimestre do ano passado.

LEIA MAIS: Catarinense WEG ganha mercado internacional graças à inovação

A receita operacional líquida atingiu R$ 3,237 bilhões no terceiro trimestre, um crescimento de 32,9% sobre o mesmo período de 2017 e de 5,9% em relação ao segundo trimestre, com desempenho positivo nas vendas internas e externas.

No Brasil, a receita líquida com vendas subiu 36,4%, puxada por novos negócios, “como as usinas de energia solar e a recente aquisição da TGM, empresa de turbinas a vapor”, disse a WEG.

A receita com vendas para o mercado externo subiu 30,5%, com crescimento consistente nas vendas de equipamentos de ciclo curto, disse a empresa, que já observa “novas oportunidades em projetos que demandam equipamentos de ciclo longo, principalmente para os segmentos de óleo e gás, papel e celulose e mineração”.

A receita também foi positivamente impactada pela valorização do dólar sobre o real no período.

A WEG, que abriu a temporada de balanços das empresas brasileiras hoje, disse que o retorno sobre o capital investido subiu 0,6% para 17,2% no terceiro trimestre, “comprovando a estratégia de investimentos em novos negócios, com retornos atraentes”.

O custo dos produtos vendidos subiu 34,5% no trimestre, para R$ 2,288 bilhões, com redução da margem bruta de 0,8%, para 29,3% no terceiro trimestre. Segundo a empresa, o aumento dos custos e a redução da margem bruta se devem principalmente à consolidação da aquisição WEG Transformers US e ao crescimento das vendas de projetos de geração solar, no qual as margens operacionais são estruturalmente mais baixas.

Resultado financeiro

O resultado financeiro líquido da WEG foi positivo em R$ 8,5 milhões no terceiro trimestre, ante resultado também positivo de R$ 26,7 milhões no mesmo período de 2017. A queda, segunda empresa, é explicada pelas menores taxas de juros recebidas sobre a posição de caixa.

A empresa encerrou o trimestre com uma dívida bruta de R$ 4,8 bilhões, sendo 56% em operações de curto prazo e 44% de longo prazo, e com aplicações financeiras de R$ 5,055 bilhões. Com isso, a posição de caixa líquida no fim de setembro era de R$ 255,3 milhões.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).