Microsoft lança nova versão de Azure

iStock
A versão do serviço em nuvem Azure Government Secret fará da Microsoft “uma forte opção para o contrato JEDI”

A Microsoft disse hoje (9) que uma versão do seu serviço em nuvem Azure, desenvolvido para ajudar clientes governamentais a armazenar dados em seus próprios servidores, estará disponível no final do primeiro trimestre de 2019, conforme a empresa disputa com a Amazon um contrato de US$ 10 bilhões com o Pentágono.

LEIA MAIS: Microsoft diversifica e investe em app de transporte

As duas empresas permanecem na corrida pelo lucrativo negócio depois que o Google, da Alphabet, desistiu da licitação ontem (8), dizendo que o projeto não está alinhado com os novos princípios éticos da empresa.

O contrato de soluções em computação em nuvem do projeto JEDI, ou Joint Enterprise Defense Infrastructure, faz parte dos esforços do Departamento de Defesa dos Estados Unidos para modernizar sua infraestrutura de tecnologia da informação.

A versão do serviço em nuvem Azure Government Secret fará da Microsoft “uma forte opção para o contrato JEDI”, disse a vice-presidente da Microsoft Azure, Julia White, acrescentando que a empresa é capaz de atender os mais altos requisitos de classificação de segurança para lidar com “dados ultrasecretos dos EUA”.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).