SAP eleva previsão de crescer com transição para nuvem

Reprodução
A alemã SAP é a maior empresa de tecnologia da Europa

A empresa alemã SAP anunciou um salto de 41% nas receitas em nuvem no terceiro trimestre, à medida que sua transformação de negócios ganha ritmo, permitindo que a administração aumente suas receitas e lucros neste ano, mas as margens da desenvolvedora de softwares desapontaram. A empresa de tecnologia mais valiosa da Europa está ampliando as vendas e as instalações de seu programa de negócios em nuvem S/4HANA, que está substituindo seu principal software corporativo Business Suite, vendido sob licença e executado em servidores dos clientes.

LEIA MAIS: SAP eleva projeção para computação em nuvem

Os novos pedidos para serviços em nuvens aumentaram 37%o no terceiro trimestre em moedas constantes, o que sustentou a elevação da previsão de crescimento de 2018 para receitas em nuvem para 36,5% a 39%, ante 34% a 38%.

A receita da SAP no terceiro trimestre cresceu 10% em moedas constantes, acima das expectativas do mercado. Enquanto o crescimento do lucro operacional de 11% foi menor que o esperado e o lucro por ação de 1,14 euros ficou em linha com a previsão média dos analistas da Reuters.

O presidente-executivo Bill McDermott reivindicou a liderança da SAP, que concorre com a Salesforce e com a Oracle, como a maior empresa de software empresarial em nuvem do mundo por usuários — 170 milhões — e disse que também foi a desenvolvedora com crescimento mais rápido na nuvem.

A SAP agora espera que as receitas totais cresçam de 7,5% a 8,5% em 2018, acima dos 6% a 7,5% anteriormente. A empresa elevou o limite inferior de seu intervalo de previsão para o lucro operacional em meio ponto percentual, para 9,5% a 11%.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).