Tese de PhD e cadeira de Stephen Hawking irão a leilão

Reuters
Também estará à venda uma cópia de seu grande sucesso, “Uma Breve História do Tempo”, assinada com sua impressão de polegar

De uma cópia da tese de PhD a uma cadeira de rodas, itens que pertenceram a Stephen Hawking irão a leilão, dando aos fãs do falecido físico britânico, famoso por seu trabalho sobre as origens do universo, uma chance de adquirir algumas de suas posses.

LEIA MAIS: Voz de Stephen Hawking será transmitida no espaço

Conhecido por sua pesquisa aclamada sobre buracos negros, Hawking, que sofria de esclerose lateral amiotrófica e falava com um sintetizador de voz eletrônico, morreu em março aos 76 anos.

“Nos Ombros de Gigantes”, que também conta com documentos de autoria de Isaac Newton, Charles Darwin e Albert Einstein, terá 22 lotes do espólio de Hawking, inclusive uma de cinco cópias conhecidas de sua tese de PhD, “Propriedades dos Universos em Expansão”, avaliada entre £ 100 mil e £ 150 mil.

“Stephen Hawking era uma grande personalidade mundial. Ele tinha uma habilidade incrível para se conectar com as pessoas”, disse Thomas Venning, chefe do departamento de livros e manuscritos da casa de leilões Christie’s de Londres, à Reuters. “A ideia era proporcionar algo que fosse acessível aos seus admiradores para que as pessoas pudessem se conectar com ele e lembrar sua história extraordinária.”

Também estará à venda uma cópia de seu grande sucesso, “Uma Breve História do Tempo”, assinada com sua impressão de polegar, avaliada entre £ 2 mil e £ 3 mil, e prêmios e medalhas recebidas pelo cientista, estimados entre £ 10 mil e £ 15 mil.

Outros documentos, um convite de uma recepção de “Time Travellers” e uma cadeira de rodas motorizada que Hawking usou também serão oferecidos no leilão pela internet entre 31 de outubro e 8 de novembro.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).