Volume de passageiros vai dobrar em 20 anos

iStock
Número de clientes das companhias aéreas deve chegar a 8,2 bi em 2037

O número de passageiros de companhias aéreas pode dobrar para 8,2 bilhões em 2037, impulsionado pela forte demanda na Ásia, mas o protecionismo global coloca em risco este crescimento, disse hoje (24) a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), na sua estimativa para os próximos 20 anos.

LEIA MAIS: Demanda por voos domésticos cresce 2,6%

A Iata espera uma taxa de crescimento anual do número de passageiros de 3,5%, de acordo com a previsão. Mas o diretor-geral da entidade, Alexandre de Juniac, disse a repórteres que o protecionismo já pesou sobre a última previsão do grupo, com expectativa de 60 milhões de passageiros a menos voando nos próximos 20 anos.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).