VW supera impacto de novas regras de emissões

Getty Images
De olho nos custos, a VW também sinalizou estar aberta a alianças nas áreas de baterias e direção autônoma

O lucro da Volkswagen veio acima do previsto no terceiro trimestre, superando um período de vendas mais baixas, maiores gastos e novas regras de emissão de poluentes, que afetaram as rivais Daimler e BMW.

LEIA MAIS: Volkswagen firma parceria com Microsoft em nuvem

Montadoras em todo o mundo estão lutando para elevar os investimentos em veículos elétricos e autônomos, ao mesmo tempo em que exigem recursos pesados ​​para atualizar motores a combustão, a fim de atender padrões de emissões mais rigorosos.

De olho nos custos, a VW também sinalizou estar aberta a alianças nas áreas de baterias e direção autônoma, inclusive com rivais especializados, como a Waymo, da Alphabet.

No trimestre encerrado em setembro, o lucro operacional ajustado somou € 3,51 bilhões, queda de 18,6%, mas melhor do que os € 3,21 bilhões previstos em uma pesquisa da Reuters com bancos e corretoras.

As vendas mais fracas da Audi e da marca VW, causadas por problemas na adaptação de modelos a novas regras antipoluição e problemas de qualidade na Bentley, foram também parcialmente compensadas por ganhos maiores na Porsche. A redução de custos também ajudou a compensar a redução nas vendas.

VEJA TAMBÉM: Volkswagen investirá € 3,5 bi em negócios digitais

A VW tem lutado para se ajustar ao procedimento mundial de teste de veículo que entrou em vigor no mês passado, resultando em uma queda de 3,6% nas entregas durante o trimestre, já que alguns modelos permaneceram indisponíveis para venda.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).