Ações recuam e Apple perde patamar de U$ 1 tri na bolsa

Reuters
Com sede em Cupertino, na Califórnia, a Apple culpou a fraqueza nos mercados emergentes e os custos com o câmbio

As ações da Apple caíam cerca de 6% hoje (2), reduzindo seu valor de mercado para menos de US$ 1 trilhão, depois que a gigante tecnológica previu vendas mais fracas que o esperado para o último trimestre e alimentou preocupações ao anunciar que não mais vai divulgar os números de venda de iPhones.

LEIA MAIS: Apple anuncia novos modelos de iPad Pro e Macs

A queda das ações da companhia para cerca de US$ 207 tirou mais de US$ 67 bilhões do valor de mercado da empresa, colocando a Amazon e a Microsoft Corp na corrida entre as grandes de tecnologia dos Estados Unidos para ser a empresa mais valiosa do mundo.

Com sede em Cupertino, na Califórnia, a Apple culpou a fraqueza nos mercados emergentes e os custos com o câmbio pela decepcionante previsão de vendas no período que antecede o Natal, que são cruciais para os resultados dos produtores de eletrônicos de consumo.

Oito corretoras reduziram suas metas de preço para a Apple, mas apenas uma – o Bank of America Merrill Lynch – cortou sua classificação das ações para “neutra” ante “compra”.

“É hora dos investidores se ajustarem às novas divulgações”, disseram analistas da corretora. “Embora a oportunidade a longo prazo seja significativa, esperamos pressões de curto prazo sobre as ações.”

VEJA TAMBÉM: Qualcomm diz que Apple deve US$ 7 bi em royalties

A decisão anunciada ontem (1) de parar de divulgar os dados de venda de unidades de iPhones, iPads e Macs foi amplamente criticada, com alguns argumentando que isso significa que a Apple espera que as vendas de iPhones tenham chegado ao pico.

“Embora a companhia acredite que as unidades sejam uma métrica menos relevante, discordamos fortemente – principalmente porque acreditamos que as unidades do iPhone começarão a declinar a cada ano como resultado dos preços médios de venda mais altos”, disseram analistas da Raymond James.

Por volta das 12h30 (horário de Brasília), as ações da Apple recuavam 6,6%, para US$ 207,55.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).