Apple suspende aumento de produção para iPhone XR

Reuters
A Apple lançou o iPhone XR de baixo custo, em setembro

A Apple disse às montadoras de smartphones, entre elas a Foxconn, para suspender os planos para linhas de produção adicionais dedicadas ao iPhone XR, que chegou às prateleiras em outubro, informou hoje (5) o “Nikkei”.

LEIA MAIS: Ações recuam e Apple perde patamar de U$ 1 tri na bolsa

A gigante da tecnologia também pediu à montador de iPhone Wistron, de menor porte, que aguarde pedidos urgentes, mas a empresa não receberá encomendas para o modelo nesta temporada, disse o relatório, citando fontes da cadeia de suprimentos.

“A Foxconn preparou cerca de 60 linhas de montagem para o modelo XR da Apple, mas recentemente usou apenas cerca de 45 delas, já que seu principal cliente disse que não precisa fabricar um volume dessa magnitude agora”, disse uma fonte do jornal japonês.

Em setembro, a Apple lançou o iPhone XR de baixo custo, feito de alumínio, juntamente com dois outros modelos, o XÁS e o XÁS Max.

Cinco anos atrás, a companhia cortou pedidos de produção para seu iPhone 5C, com partes plásticas, um mês após seu lançamento, alimentando a especulação de fraca demanda pelo modelo.

A empresa com sede em Superfino, na Califórnia, alertou na semana passada que as vendas para o crucial trimestre de final de ano provavelmente não atenderão às expectativas de Wall Street.

VEJA TAMBÉM: Apple registra nova tecnologia dobrável do iPhone

A Apple não respondeu imediatamente ao pedido de entrevista da Reuters, enquanto a Foxconn e a Pegarão disseram que não comentariam sobre clientes ou produtos específicos.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).