BRF tem prejuízo líquido de R$ 812 mi no 3º tri

A previsão de perda da BRF no terceiro trimestre era de R$ 443 milhões

A processadora brasileira de alimentos BRF registrou prejuízo maior do que o esperado no terceiro trimestre, de acordo com dados divulgados ontem (7), com os embargos comerciais e queda nas vendas pesando sobre esforços de gestão para transformar a empresa dona das marcas Sadia e Perdigão.

LEIA MAIS: Ministério da Agricultura inicia fiscalização na BRF

Em seu segundo conjunto de resultados depois de uma reorganização administrativa que se seguiu a resultados financeiros e operacionais ruins, a BRF teve prejuízo líquido de R$ 812 milhões, ante previsão de perda de R$ 443 milhões.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).