Dólar sobe ante real e fecha a R$ 3,72

iStock
Em parte do dia, o dólar no Brasil acompanhou o movimento externo, de alta ante as divisas de países emergentes

O dólar terminou o dia (5) em alta ante real, com fluxo de saída de recursos colocando a moeda na contramão do mercado externo, onde o movimento de valorização ante divisas emergentes no começo do dia foi pouco a pouco sendo invertido.

LEIA MAIS: Dólar tem alta ante real com exterior e política

Como pano de fundo, os investidores continuaram monitorando o noticiário político doméstico, em busca de novidades do novo governo.

A moeda norte-americana avançou 0,89%, a R$ 3,7273 na venda, depois de marcar a mínima de R$ 3,6917 e, na máxima, R$ 3,7240.

“Houve demanda por dólar à vista”, resumiu o operador da corretora Spinelli, José Carlos Amado, ao lembrar que venceu hoje uma linha de US$ 900 milhões, sem que o Banco Central fizesse leilão para rolagem. “Pode ter ajudado no movimento”, acrescentou.

Em parte do dia, o dólar no Brasil acompanhou o movimento externo, de alta ante as divisas de países emergentes, também se ajustando aos dados mais robustos de criação de vagas nos Estados Unidos, divulgados na sexta-feira (2), quando o feriado de Finados fechou os mercados domésticos.

Números mais fracos da China também trouxeram cautela, diante das preocupações com o crescimento global. Pouco a pouco, no entanto, o mercado externo foi melhorando e o dólar passou a cair ante a cesta das seis principais moedas, à espera do desfecho das eleições parlamentares dos EUA no dia seguinte, e também ante as emergentes, como os pesos chileno e mexicano.

VEJA TAMBÉM: Dólar cai abaixo de R$ 3,70 com exterior e política

Internamente, as atenções seguiam voltadas para a transição de governo nesta semana, bem como a formação da equipe de Bolsonaro. De acordo com uma fonte, o time econômico do presidente eleito sondou o ex-ministro da Fazenda Joaquim Levy para fazer parte do governo.

O Banco Central vendeu nesta sessão 13,6 mil contratos de swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares. Desta forma, rolou US$ 1,36 bilhão do total de US$ 12,217 bilhões que vence em dezembro. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).