Fundador da Localiza vai assumir secretaria

Reprodução
Mattar fundou a Localiza em 1974, quando tinha 24 anos, e ocupou o cargo de diretor presidente da companhia

O fundador e presidente do conselho de administração da locadora de veículos Localiza, Salim Mattar, aceitou assumir a Secretaria Geral de Desestatização e Desimobilização, que fará parte do Ministério da Economia no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, informou hoje (23) a assessoria de imprensa do futuro titular da pasta, Paulo Guedes.

LEIA MAIS: Localiza registra lucro líquido de R$ 160 mi no 3º tri

Mattar chefiará o órgão responsável pelas privatizações que serão feitas na gestão de Bolsonaro, que tomará posse em 1º de janeiro. “A nova secretaria vai ser responsável pelos desinvestimentos, desimobilização e busca de maior eficiência na gestão dos ativos da União”, afirma a nota da assessoria de Guedes.

Mattar fundou a Localiza em 1974, quando tinha 24 anos, e ocupou o cargo de diretor presidente da companhia, atualmente a maior locadora de veículos da América Latina, até maio de 2013.

Guedes, que ocupará um “superministério” da Economia na gestão de Bolsonaro, tem defendido um programa de privatizações no governo federal, tese que também é do presidente eleito.

Entre os ativos da União que podem passar às mãos da iniciativa privada estão a BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras, além de atividades de refino da petroleira estatal. Unidades de bancos públicos, como o Banco do Brasil, também podem ser privatizadas.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).